REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24601
Tipo: Dissertação
Título: Nadir Gouvêa Kfouri: a reitora, a universidade e a democracia puquiana (1976-1984)
Autor(es): Quintino, Marilene Rodrigues
Primeiro Orientador: Matos, Maria Izilda Santos de
Resumo: Esta pesquisa analisa a representatividade feminina na reitoria, discutindo as possibilidades de um protagonismo das mulheres em lugares de poder institucional nas universidades a partir da experiência de Nadir Gouvêa Kfouri (1976-1984) na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. As gestões de Nadir notabilizaram-se pelo pioneirismo quando da sua nomeação (1976) como a primeira mulher a ocupar a reitoria em universidades católicas no mundo e quando do segundo mandato (1980), ao ser reconduzida ao cargo através da primeira eleição para reitor – nesse caso, reitora – realizada entre as universidades brasileiras. Dado o fato de ainda existirem poucas mulheres ocupando o cargo de reitoria no país, propõe-se averiguar como as memórias acerca da reitoria de Nadir na PUC-SP foram mobilizadas como marco de expressivas transformações da universidade, forjando-se com o processo de democratização da universidade em plena vigência da ditadura civil-militar. Além disso, esta dissertação tem por objetivo problematizar as hierarquias de gênero nesse lugar institucional e, especificamente, no tange à elaboração da narrativa que a própria Nadir fazia sobre sua trajetória profissional. Nesse sentido, a investigação envolve a análise de um corpo diversificado de documentos (documentos institucionais, imprensa e documentação oral), buscando “ouvir”, sob várias perspectivas, os resquícios da memória – coletiva e individual. A reitoria de Nadir se engajou nas mudanças de comportamento que apontavam para a instalação do processo democrático, em dissonância, naquele momento histórico, com as demais universidades brasileiras, conduzindo uma gestão que teve o desafio de equilibrar/atender múltiplas demandas da comunidade universitária (incentivada pelas entidades representativas de docentes, funcionários e alunos) e da Igreja (no contexto do projeto de “compromisso social”, em referência direta às premissas do Concílio Vaticano II). No que se refere ao tema da questão feminina na gestão, até agora inédito na produção acadêmica da instituição, a dissertação tem a pretensão de refletir e discutir a constituição da trajetória profissional de Nadir, cotejando o debate de pautas recorrentes quanto à (não) ascensão feminina a altos cargos de gestão, sendo no caso da universidade analisadas as especificidades e os desafios, sejam estruturais, institucionais, ideológicas ou simbólicas, que se apresentavam no cotidiano de Nadir durante o período de sua reitoria e o fazer-se da democracia puquiana. Dessa maneira, verifica-se de quais estratégias a reitora lançou mão para enfrentar esses processos de democratização num período de efervescência política e cultural na universidade, analisando permanências e mudanças, confrontos e contradições vividos na sua gestão, particularmente, a partir das perspectivas de gênero
Abstract: This paper analyzes the representativeness of women in the office of rector, discussing the possibilities of a leading role for women in places of institutional power in universities, based on the experience of Nadir Gouvêa Kfouri (1976-1984) at the Pontifical Catholic University of São Paulo. Nadir's administrations were notable for their pioneering aspects when she was the first woman appointed (1976) to hold the rectorship in a Catholic university anywhere in the world, and during her second term (1980), when she was reconfirmed in the post through the first election for the position of rector - in this case, a woman – ever held among Brazilian universities. In view of the fact that, still today, there are few women who hold the office of rector in the country, we propose to investigate how the memories of Nadir's rectorship at PUC-SP were mobilized as a mark of important transformations at the university, shaping the process of democratization of the university in the midst of the civilmilitary dictatorship. In addition, this dissertation aims to discuss gender hierarchies in this institutional space and, specifically, with regard to the elaboration of the narrative that Nadir herself was constructing about her professional trajectory. Toward this end, the investigation involves the analysis of a diverse body of documents (institutional documents, press and oral documentation) seeking, from various perspectives, to “hear” what remains of both the collective and individual memories. Nadir's rectorship engaged in behavioral changes that pointed to the installation of the democratic process, in dissonance, at that historical moment, with other Brazilian universities, leading an administration that had the challenge of balancing/meeting multiple demands of the university community (encouraged by entities representing faculty, staff and students) and by the Church (in the context of the “social commitment” project, a direct reference to the premises of the Second Vatican Council). With regard to the issue of women in management, which was unprecedented in the institution's academic production up to then, the dissertation intends to reflect upon and discuss the constitution of Nadir's professional career, combining the debate of recurring agendas regarding the (non) ascension of women to high management positions, and in the case of the university, the specificities and challenges, whether structural, institutional, ideological or symbolic, which were present in Nadir's daily life during the period of her rectorship and the development of democracy at PUC. Hence, it is possible to verify which strategies the rector used to face these processes of democratization in a period of political and cultural effervescence at the university, analyzing permanences and changes, confrontations and contradictions experienced during her administration, particularly from the gender perspective
Palavras-chave: Kfouri, Nadir Gouvêa [1913-2011]
Pontificia Universidade Católica de São Paulo
PUC-SP
Reitores de universidades
Mulheres na educação
Democracia
Resistência
Kfouri, Nadir Gouvêa [1913-2011]
Pontificia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
College presidents
Women in education
Democracy
Resistance
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Quintino, Marilene Rodrigues. Nadir Gouvêa Kfouri: a reitora, a universidade e a democracia puquiana (1976-1984). 2021. Dissertação (Mestrado em História) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24601
Data do documento: 10-Set-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marilene Rodrigues Quintino.pdf2,23 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.