REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24482
Tipo: Tese
Título: A voz feminina na população submersa: variantes do rito de passagem no conto universal
Título(s) alternativo(s): The female voice on the submerged population: rites of passage’s variants in the short-story
Autor(es): Salles, Clice Pereira
Primeiro Orientador: Palo, Maria José Gordo
Resumo: Esta tese surge do desafio de entender como a imagem de um dos grupos da população submersa – a população feminina – é desenhada no quadro literário do gênero conto, na modernidade, chamando a atenção para a condição de sujeição e inferioridade em que a mulher vive e que se evidencia em diferentes culturas. Assim, dedicamo-nos ao estudo de narrativas que mostram o universo feminino por meio de suas personagens protagonistas, suas comunidades e suas interações, para entender como se constrói, pelo fabular, essa população inferior, essa população submersa na individualidade, como identidade e, socialmente, como referência comportamental, conforme o conceito de população submersa do crítico literário irlandês, Frank O´Connor. Sua teoria fundamenta o conceito de população submersa, população marginal, dando base para a compreensão das posições da mulher como personagem e membro de uma sociedade, um grupo social marginalizado que não tem voz, que não se representa no seu próprio processo de concepção e identificação e está marcada na falta de valor perante à sociedade. Esta tese analisa, em sua corpora, uma série de contos com narrativas de culturas distintas, a saber: A Dama no espelho: reflexo e reflexão (1927), de Virginia Woolf; Aves (1999), de Ana Maria Miranda; Bola de Sebo (1880), de Gui de Maupassant; Eveline (1920), de James Joyce; O Enígma da Sombra (2016), de Sandra Lemos; Paixão (1948), de Sean O`Faolain; Viagem a Petrópolis (1964), de Clarice Lispector.A problemática levanta um questionamento sobre a passagem do individual para o social pelo processo do Rito de Passagem, pois, no momento breve e único em que as personagens passam pela exclusão social, são enquadradas como membros da população submersa (submerged population), tempo somente possível no conto por suas características estruturais de brevidade e tensão em um único evento. Para dar embasamento teórico ao tema, fundamentamo-nos em: Sean O’Faolain, Frank O'Connor, Piglia, Cortázar, Edgar Allan Poe, Ricoeur, Levinas, Van Gennep, Victor Turner, entre outros. No desenvolvimento dos três capítulos, analisando cada um segundo as três hipóteses levantadas; colocamos os conceitos e os temas propostos em diálogo com as narrativas. Queremos demonstrar o modo como a voz feminina se conscientiza de sua inferioridade, transformando-se pela visão da alteridade social, definindo-se como membro da população submersa, sugerindo como as personagens passam por uma transformação individual.
Abstract: This thesis arises from the challenge of understanding how the image of one of the submerged population - the female population - is drawn in the literary framework of the short story genre, in modern times, calling attention to the condition of subjection and inferiority in which women live and that outstands in different cultures. Thus, we dedicated ourselves to the study of those narratives that show the female universe through its protagonists’ characters, their communities and their interactions, in order to understand how the inferior population, the submerged population behaves in individuality, as an identity and, socially, as a reference, according to the concept of submerged population of the Irish literary critic, Frank O'Connor. His theory underlies the concept of submerged population, the marginal population, providing a basis for understanding the positions of women as characters and as members of a society, a marginalized social group that has no voice, that does not represent itself in its own process of conception and identification, and it is marked by its inferior social value.This thesis analyzes in its corpus seven short-stories with narratives from different cultures, namely: The Lady in the mirror: reflection and reflection (1927), by Virginia Woolf; Birds(1999), by Ana Miranda; Boule de Suif(1880), by Gui de Maupassant; Eveline (1920), by James Joyce; The Shadow Enigma (2015), by Sandra Lemos; Passion(1948), by Sean O`Faolain; Trip to Petrópolis (1964), by Clarice Lispector,The problem raises a questioning about the transition from the individual to the social environment by the process of a rite of passage in a brief and unique moment in which the characters undergo their social exclusion and are framed as members of the submerged population, a concept that is only possible in the short-story because of its structural characteristics of brevity and tension suitable for being applied to the corpus. We resorted to some critics to give a theoretical basis to this thesis: Sean O’Faolain, Frank O'Connor, Piglia, Cortázar, Edgar Allan Poe, Ricoeur, Levinas, Van Gennep, Victor Turner, among others. Troughout the development of the three chapters, analysing each one of them according to the three raised hypotheses, the theories and themes are proposed in dialogue with the narratives. We focused on demonstrating the way how the feminine voice becomes aware of its inferiority through the vision of social alterity defining itself as a member of the submerged population. suggesting the way how the characters are individually transformed
Palavras-chave: População submersa
Voz feminina
Conto
Submerged population
Female voice
Short-story
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Salles, Clice Pereira. A voz feminina na população submersa: variantes do rito de passagem no conto universal. 2021. Tese (Doutorado em Literatura e Crítica Literária) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24482
Data do documento: 20-Set-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Clice Pereira Salles.pdf815,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.