REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/9201
Tipo: Dissertação
Título: Taxa de juros e desenvolvimento no Brasil: o caso dos bancos privados e o papel do setor público
Autor(es): Ramos, Vânia Vieira
Primeiro Orientador: Dowbor, Ladislau
Resumo: A taxa de juros é um dos principais instrumentos de Política Monetária para controle da economia, principalmente para aqueles países, como o Brasil, que utilizam o regime de Metas de Inflação. O Brasil apresenta uma das maiores taxas de juros do mundo. Isso dificulta o desenvolvimento e o aquecimento da economia como um todo, na medida em que os tomadores de crédito, tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas, principalmente, aqueles considerados bons pagadores , sentem-se desestimulados a procurar as instituições financeiras, pois o encargo a ser pago ao final de um contrato de operação de crédito é exorbitante. Ademais, a inércia de juros altos do sistema bancário brasileiro levou os bancos estrangeiros, com filiais aqui, ao mesmo comportamento dos bancos nacionais e esse comportamento não trouxe nem estímulo ao crédito e nem competitividade ao setor bancário brasileiro. Neste sentido, este trabalho busca fazer um estudo comparativo entre as altas taxas de juros praticadas no Brasil, pelos bancos nacionais e estrangeiros privados e os bancos nacionais públicos, sendo que estes últimos, são as instituições financeiras que têm condições políticas, econômicas e sociais de conduzir uma queda considerável na taxa de juros e estimular o desenvolvimento. O primeiro capítulo é o Referencial Teórico, nele procurou-se entender o conceito de desenvolvimento econômico e a sua relação com o crédito. O segundo capítulo é um capítulo histórico sobre a Taxa de Juros Praticada no Brasil de 1990 a 2010. Neste capítulo, buscou-se construir um histórico da taxa de juros brasileira, fazendo-se uma comparação entre as taxas de juros praticadas pelos principais bancos privados brasileiros (nacionais e estrangeiros) Bradesco, Itaú, Santander e HSBC no Brasil, nos EUA, na Espanha e na Inglaterra. Neste mesmo capítulo procurou-se investigar quais os principais impactos da prática de altas taxas de juros sobre o desenvolvimento econômico brasileiro. E no final deste capítulo, realizou-se um breve estudo sobre a questão jurídica por trás das altas taxas de juros em prática no Brasil na atualidade. O terceiro capítulo chama-se: Bancos Nacionais Públicos: Soluções com Taxa de Juros Subsidiada e Microcrédito, e procura entender o papel dos bancos públicos no cenário creditício brasileiro. Para tanto, avaliou-se caso a caso, o papel das principais instituições públicas fornecedoras de crédito. Entre as principais conclusões tem-se que os bancos estrangeiros não pressionaram para baixo a taxa de juros como foi suposto quando da abertura financeira. Este papel cabe aos bancos públicos que, no contexto brasileiro, possuem poder de mercado suficiente para exercer influência sobre a taxa de juros final e o spread, garantindo portanto a eficiência na transmissão da política monetária
Abstract: The interest rate is one of the main instruments of monetary policy for the control of the economy, especially for that countries, like Brazil, that use the Inflaction Target System. Brazil presents one of the world's highest interest rates. This hampers the development and the heating of the economy as a whole, as the credit takers, individuals and legal entities, especially those considered "good payers", feel discouraged to seek for financial institutions, because the charge to be paid at the end of a contract of credit is exorbitant. Moreover, the inertia of high interest rates of the Brazilian banking system led foreign banks with branches here, to the same behavior of domestic banks, and this behavior does not bring stimulus to the credit, as not brought competitiveness for the Brazilian banking sector. In this regard, this work tries to make a comparative study between high interest rates used in Brazil, by private domestic and foreign banks, and public national banks, with the latter, are financial institutions that have political, economic and social conditions to drive a significant drop in interest rates and stimulate development. The first chapter is the Theoretical Framework, it sought to understand the concept of economic development and its relationship with credit. The second chapter is a historical chapter on the interest rate practiced in Brazil from 1990 to 2010. This chapter, aimed to build a history of the Brazilian interest rate, making a comparison between the interest rates charged by major private banks (domestic and foreigners) - Bradesco, Itau, Banco Santander and HSBC in Brazil, U.S., Spain and England. In this same chapter we tried to investigate what the main impacts of the practice of high interest rates on the Brazilian economy. And at the end of this chapter, held a brief study of the legal issue behind the high interest rates in place in Brazil today. The third chapter is called: National Public Banks: Solutions with Subsidized Interest Rate and Microcredit, and seeks to understand the role of public banks in the lending scenario in Brazil. To this end, we evaluated case by case, the main role of public institutions providing credit. Among the key findings, we have that foreign banks has not pushed down the interest rate as was assumed when the financial openness. This role falls to the national public banks which, in the Brazilian context, possess sufficient market power to exert influence on the final interest rate and spread, thus ensuring the efficient transmission of monetary policy
Palavras-chave: Taxa de juros
Bancos estrangeiros
Desenvolvimento
Spread bancário
Interest rate
Foreign banks
Development
Spread
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Economia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Ramos, Vânia Vieira. Taxa de juros e desenvolvimento no Brasil: o caso dos bancos privados e o papel do setor público. 2012. 214 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9201
Data do documento: 23-Out-2012
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vania Vieira Ramos.pdf3,48 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.