REPOSITORIO PUCSP Monografias Lato Sensu (Especialização e MBA) Monografias Lato Sensu (em Processamento)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29839
Tipo: Monografia de Especialização
Título: Algumas horas com o filósofo Benedito Nunes
Autor(es): Leite, Adriana Klautau
Primeiro Orientador: Balsalobre, Rachel Pereira
Resumo: Muitas vezes, quando da ruptura da vida conjugal, um dos cônjuges não consegue elaborar adequadamente o luto da separação e do sentimento de rejeição, de traição, surge um desejo de vingança. É desencadeado um processo de destruição, de desmoralização, de descrédito do ex-parceiro. O filho é utilizado como instrumento de agressividade- é induzido a odiar o outro genitor. Trata-se de uma verdadeira campanha de desmoralização. A criança é induzida a afastar-se de quem ama e de quem também a ama. Isso gera contradição de sentimentos e destruição do vínculo entre ambos. O trabalho teve por objetivos descrever sobre a Alienação Parental ou Síndrome da Alienação Parental, seus nove anos de lei e questionamentos sobre os discursos jurídicos. Para o ordenamento jurídico brasileiro a promulgação dessa Lei n. 12.318/2010, foi um grande conquista e é considerada pela maioria dos juristas totalmente eficaz, com o reconhecimento e entendimento da prática distinguindo as atitudes do alienador que causa a alienação parental de forma a reconhecer esta atitude como abuso moral e emocional em relação à criança e adolescente. A lei dá ensejo aos alienados à interposição de ações de indenizações, na qual o alienador poderá ser responsabilizado civil e criminalmente pelos atos e comportamentos praticados, dificultando a prática do ato ilícito e imoral cometido pelo alienador, prevalecendo o direito e a justiça. Um o debate mais profícuo seja o de aparar as arestas, observando as possíveis falhas que a Lei 12.318/2010 tenha. Que a corrente a favor da revogação conversasse com os operadores do Direito (juízes; advogados; defensores; analistas; equipe sóciopsicológica) para que de forma criteriosa e sábia cada vez menos o dano pior pairasse sobre os que culpa nenhuma tem, os filhos
Abstract: Often, when a spouse breaks up, one of the spouses can not properly elaborate the mourning of separation and the feeling of rejection, of betrayal, a desire for revenge arises. A process of destruction, of demoralization, of disrepute from the former partner is triggered. The child is used as an instrument of aggression - is induced to hate the other parent. This is a real campaign of demoralization. The child is induced to turn away from the one he loves and from the one who loves him. This creates contradiction of feelings and destruction of the bond between them. The aim of the study was to describe Parental Alienation or Parental Alienation Syndrome, its nine years of law and questions about legal discourses. For the Brazilian legal system the enactment of this Law n. 12,318 / 2010 was a great achievement and is considered by most jurists to be fully effective with the recognition and understanding of practice distinguishing the attitudes of the alienator that causes parental alienation in order to recognize this attitude as moral and emotional abuse towards the child and adolescent. The law allows the alienated to bring actions for damages, in which the alienator can be held criminally responsible for the acts and behaviors practiced, making it difficult to practice the unlawful and immoral act committed by the alienator, prevailing law and justice.One of the most profitable debates is to trim the edges, noting the possible flaws that Law 12.318 / 2010 has. That the current in favor of the revocation should talk to the operators of the Law (judges, lawyers, advocates, analysts, sociopsychological team) so that in a judicious and wise way less and less the worst damage would hang over those who have no fault
Palavras-chave: Alienação parental
Crianças
Ordenamento jurídico
Parental alienation
Children
Legal order
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Especialização em Comunicação Jornalística
Citação: Leite, Adriana Klautau. Algumas horas com o filósofo Benedito Nunes. 2013. Monografia de Especialização (Especialização em Comunicação Jornalística) - Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29839
Data do documento: 28-Nov-2013
Aparece nas coleções:Monografias Lato Sensu (em Processamento)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.