REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/25874
Tipo: Dissertação
Título: Educação interseccional: práxis transformadora de educadores/as sociais no enfrentamento ao epistemicídio
Título(s) alternativo(s): Intersectional education: transforming praxis of social educators in confronting epistemicide
Autor(es): Martins, Maíra Caroline
Primeiro Orientador: Silveira, Nadia Dumara Ruiz
Resumo: Relações racistas e machistas seguem historicamente estruturando vivências cotidianas, e por vezes, compondo a subjetividade de profissionais da educação e práticas em espaços educativos formais e não formais. Quando há enfrentamento da problemática, observa-se ainda a ocorrência de abordagens por vezes conservadoras e relativizantes. A presente dissertação tem como objetivo central analisar práticas que se configuram como práxis transformadora interseccional em currículos de educação não formal, a partir da relação entre educação popular, currículo, feminismos decoloniais e estudos críticos da branquitude, apontando caminhos possíveis para intensificação do enfrentamento da problemática do epistemicídio racista/machista em espaços educativos. A metodologia utilizada é de abordagem qualitativa, tendo como procedimentos pesquisa bibliográfica, análise de documentos e pesquisa de campo, considerando a importância de refletir sobre a práxis de maneira dialógica. Os/as autores/as que fundamentam os procedimentos metodológicos são Marli E. D. A. Andre e Menga Ludke (1986), Antônio Carlos Gil (2019) e Tereza Maria Spyer Dulci e Mariana Rocha Malheiros (2021), além de diversos autores que constam como referência da base teórica da pesquisa. Foram analisados documentos oficiais do Sesc São Paulo, lócus da pesquisa de campo que integra a dissertação, além de leis e diretrizes para a educação formal que possuem aplicabilidade em contextos não formais. A pesquisa de campo foi realizada por meio de entrevistas a partir de roteiro semiestruturado em formato de roda de conversa, tendo como sujeitos/as interlocutores/as educadores/as sociais dos programas Tecnologias e Artes, Curumim e Juventudes do Sesc São Paulo. Dentre os resultados das análises destaca-se o delineamento de um percurso rumo a uma práxis transformadora, percurso que tem como fundamentos a consciência da própria prática, a consciência dos valores institucionais do espaço onde se desenvolve a ação educativa, o que deve ter como pressupostos a vivência de valores democráticos na recepção e valorização de educadores/as sociais comprometidos/as com a educação interseccional e com a práxis transformadora, além da consciência, por parte do/a educador/a social, de sua própria práxis, e do exercício dessa práxis como valor pessoal e profissional
Abstract: Racist and sexist relationships historically continue structuring everyday experiences, and sometimes, composing the subjectivity of education professionals and practices in formal and non-formal educational spaces. When the problem is faced, it is still observed the occurrence of approaches that are sometimes conservative and relativizing. The main objective of this dissertation is to analyze practices that are configured as intersectional transformative praxis in non-formal education curricula, based on the relationship between popular education, curriculum, decolonial feminisms and critical studies of whiteness, pointing out possible ways to intensify the confrontation of the problem. of racist/macho epistemicide in educational spaces. The methodology used is of a qualitative approach, having as procedures bibliographic research, document analysis and field research, considering the importance of reflecting on praxis in a dialogic way. The authors who base the methodological procedures are Marli EDA Andre and Menga Ludke (1986), Antônio Carlos Gil (2019) and Tereza Maria Spyer Dulci and Mariana Rocha Malheiros (2021), in addition to several authors who are listed as reference in the literature. theoretical basis of the research. Official documents from Sesc São Paulo, the locus of the field research that integrates the dissertation, were analyzed, as well as laws and guidelines for formal education that have applicability in non-formal contexts. The field research was carried out through interviews based on a semi-structured script in a conversation circle format, having as interlocutors the social educators of the Tecnologias e Artes, Curumim and Juventudes programs at Sesc São Paulo. Among the results of the analyses, the outline of a path towards a transforming praxis stands out, a path that has as its foundations the awareness of the practice itself, the awareness of the institutional values of the space where the educational action is developed, which must have as presuppositions the experience of democratic values in the reception and appreciation of social educators committed to intersectional education and transformative praxis, in addition to the social educator's awareness of his/her own praxis, and the exercise of this praxis same a personal and professional value
Palavras-chave: Educação não formal
Currículo
Interseccionalidade
Epistemicídio
Decolonialidade
Non-formal education
Resume
intersectionality
Epistemicide
Decoloniality
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Martins, Maíra Caroline. Educação interseccional: práxis transformadora de educadores/as sociais no enfrentamento ao epistemicídio. 2022. Dissertação (Mestrado em Educação: Currículo) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/25874
Data do documento: 21-Fev-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Maíra Caroline Martins.pdf2,17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.