REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24892
Tipo: Dissertação
Título: Aprendizagem baseada em equipes: uma intervenção educacional promovendo competências em cuidados paliativos
Título(s) alternativo(s): Team-based learning: an educational intervention promoting palliative care skills
Autor(es): Oliveira, Talitha Tonini de
Primeiro Orientador: Rondelo, Lucia Duarte
Resumo: No Brasil, há poucos serviços estruturados, profissionais capacitados ou detentores dos princípios do Cuidado Paliativo. A lacuna de conhecimento acerca do tema tornase um obstáculo para o desenvolvimento da área. As Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de Medicina preconizam a formação de um profissional mais ético e humanista e incluem o enfrentamento do processo de morte na formação médica. Adotam a Metodologia Ativa para a formação profissional que desenvolve características humanistas no indivíduo, valorizando seu conhecimento prévio e suas experiências pessoais, o que pode contribuir para mudar esse cenário. A partir dessas considerações, o estudo teve como objetivos realizar uma intervenção educacional sobre cuidados paliativos com estudantes do 6º ano de medicina e médicos residentes, utilizando a estratégia Aprendizagem Baseada em Equipe (TBL), avaliar a autopercepção das competências em cuidados paliativos dos participantes antes e após a intervenção, avaliar a intervenção educacional. Trata-se de pesquisa descritiva, analítica, transversal, quantitativa e qualitativa de intervenção educacional. A amostra foi composta por 13 estudantes do 12º período do curso de Medicina da UNIFEV e por 8 residentes da Clínica Médica da Santa Casa de Votuporanga. A intervenção seguiu as etapas da estratégia adotada: preparação pré-classe, garantia de preparo, aplicação de conceitos. Foi realizada avaliação diagnóstica antes e após a intervenção educacional por meio do Instrumento Tipo Likert para avaliação de autopercepção de desenvolvimento de competências em Cuidados Paliativos em Medicina de Família e Comunidade que aborda os temas: comunicação em cuidados paliativos, aumento de conforto na doença incluindo fase terminal, emergência em cuidados paliativos, assistência ao fim da vida. A intervenção foi avaliada qualitativamente por meio da opinião dos participantes e quantitativamente por estatística descritiva com confecção de tabelas de contingência de frequência absoluta e relativa. Os resultados das avaliações pré e pós-teste mostraram melhora significativa da autopercepção dos participantes em relação às competências analisadas. As médias de inferência para a comparação das competências entre pré e pós-testes apresentaram diferenças significativas, considerando p<0,05. A de maior evolução foi a competência em comunicação (1,029, p=0,0001) e a de menor evolução foi a competência em emergências (0,865, p=0,0001). Segundo os participantes, a intervenção melhorou o nível de conhecimento em Cuidados Paliativos, antes raso e insuficiente, permitindo correção de conceitos e de ideias prévias através do feedback imediato. A discussão em grupo e a aplicabilidade do tema foram pontos estimulantes e fortes da intervenção. Entretanto, a falta de preparo individual e a competitividade disfuncional entre os participantes foram as maiores dificuldades encontradas, somadas ao tempo prolongado da atividade. O TBL se mostrou uma intervenção adequada, melhorando a percepção dos participantes em relação aos cuidados paliativos e atitudes na prática clínica. Fica reforçada a necessidade de estimular o aprendizado contínuo, assim como trabalhar de forma mais aprofundada Cuidados Paliativos na graduação
Abstract: In Brazil, there are few structured services, trained professionals or holders of the principles of Palliative Care. The knowledge gap on the subject becomes an obstacle for the development of the area. The National Curriculum Guidelines for the Medicine course advocate the formation of a more ethical and humanistic professional and include the confrontation of the death process in medical education, for this, they adopt the Active Methodology to change this scenario. The study aims to: carry out an educational intervention on palliative care with 6th-year medical students and medical residents, using the Team-Based Learning (TBL) strategy, evaluate the self-perception of palliative care skills of the participants before and after the intervention, evaluate the educational intervention. It is descriptive, analytical, transversal, quantitative and qualitative research of educational intervention. The sample consisted of 13 students from the 12th period of the Medicine course at UNIFEV and 8 residents of the Medical Clinic of Santa Casa de Votuporanga. The intervention followed the steps of the adopted strategy: pre-class preparation, guarantee of preparation, application of concepts. A diagnostic evaluation was carried out before and after the educational intervention through a self-administered questionnaire, the instrument used was: Likert-type instrument for the Assessment of Self-Perception of Skills Development in Palliative Care in Family and Community Medicine1, which addresses the themes: communication in care palliative care, increased comfort in illness including terminal phase, emergency palliative care, end-of-life care. The intervention was qualitatively evaluated through the participants' opinions and quantitatively through descriptive statistics with the creation of contingency tables of absolute and relative frequency. The results of the pre- and post-test evaluations showed a significant improvement in the participants' self-perception regarding the analyzed competences. The inference means for the comparison of competences between pre- and post-tests showed significant differences, considering p<0.05. The one with the greatest evolution was competence in communication (1.029, p=0.0001) and the one with the lowest evolution was competence in emergencies (0.865, p=0.0001). According to the participants, the intervention improved the level of knowledge in Palliative Care, which was previously shallow and insufficient; allowing correction of previous concepts and ideas through immediate feedback. The group discussion and the applicability of the theme were stimulating and strong points of the intervention; the lack of individual preparation and dysfunctional competitiveness among the participants were the greatest difficulties encountered, added to the prolonged time of the activity. TBL proved to be an adequate intervention, improving participants' perception of palliative care and attitudes in clinical practice. The great need to encourage continuous learning is reinforced, as well as to work more deeply on Palliative Care in graduation.
Palavras-chave: Cuidado Paliativo
Inquéritos e Questionários
Medicina
Palliative Care
Surveys and Questionnaires
Medicine
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Oliveira, Talitha Tonini de. Aprendizagem baseada em equipes: uma intervenção educacional promovendo competências em cuidados paliativos. 2021. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24892
Data do documento: 9-Dez-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Talitha Tonini de Oliveira.pdf2,64 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.