REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24852
Tipo: Dissertação
Título: Percepções e práticas de profissionais da estratégia Saúde da Família no enfrentamento da pandemia Covid 19
Autor(es): Crivellaro, Carla Martins
Primeiro Orientador: Rondelo, Lúcia Duarte
Resumo: Crivellaro CM. Percepções e práticas de profissionais da Estratégia Saúde da Família no enfrentamento da Pandemia COVID 19 A disseminação do novo coronavírus (SARS CoV- 2) colocou em xeque as estruturas de saúde mundial e foi decretada como pandemia pela OMS. Diante do atual cenário, a unidade básica de saúde da família busca se reinventar para atender essa nova demanda de pacientes com síndrome gripal, com reforço na educação em saúde pela veiculação de informações seguras à população, inclusive dos mais vulneráveis. O estudo teve como objetivos avaliar as mudanças na prática cotidiana de cuidados de saúde decorrentes do enfrentamento da pandemia, verificar as dificuldades dos profissionais quanto a essas mudanças, analisar o processo de educação em saúde durante a pandemia, evidenciar as experiências positivas vivenciados por eles. Tratase de pesquisa descritiva, transversal e de abordagem qualitativa. Participaram 18 profissionais da equipe de saúde da família de uma unidade básica de saúde de um município do interior do estado de São Paulo. A coleta de dados consistiu em entrevista oral gravada em áudio, e aplicação de formulário sociodemográfico. Para análise e interpretação dos resultados utilizou-se a análise de conteúdo, modalidade temática. A maioria das participantes está na faixa etária de 30 a 49 anos, com ensino médio completo, todas do sexo feminino, com janela temporal de atuação na unidade de 2 a 7 anos. Os depoimentos das entrevistadas foram agrupados em cinco categorias temáticas: mudanças na prática cotidiana, sentimentos em relação às mudanças, dificuldades encontradas, educação em saúde e experiências positivas. O trabalho em equipe e a valorização profissional foram as experiências positivas mais citadas; resistência e agressividade dos usuários, condições precárias de trabalho e agravamento das condições de saúde da população as principais dificuldades; medo, impotência e insegurança os sentimentos negativos mais evidenciados. Com isso se estabelece a importância de manter as atividades rotineiras de saúde no enfrentamento da pandemia, a inserção de intervenções educacionais de forma mais efetiva para uniformizar a comunicação e o conhecimento técnico dos profissionais e acompanhamento psicológico deles
Abstract: Crivellaro CM. Perceptions and practices of family health strategy professionals in coping with the COVID pandemic 19 The spread of the new coronavirus (SARS CoV-2) has called global health structures into check and was decreed as a pandemic by the WHO. Given the current scenario, the basic family health unit seeks to reinvent itself to meet this new demand of patients with flu syndrome, with reinforcement in health education by transmitting safe information to the population, including the most vulnerable. The study aimed to evaluate the changes in the daily practice of health care resulting from coping with the pandemic, to verify the difficulties of professionals regarding these changes, to analyze the process of health education during the pandemic, to highlight the positive experiences experienced by them. This is a descriptive, cross-sectional and qualitative research. The participants were 18 professionals from the family health team of a basic health unit in a municipality in the interior of the state of São Paulo. Data collection consisted of an audio-recorded oral interview and sociodemographic form application. Content analysis, thematic modality, was used to analyze and interpret the results. Most of the participants are in the age group of 30 to 49 years, with complete high school, all female, with a time window of performance in the unit from 2 to 7 years. The interviewees' statements were grouped into five thematic categories: changes in daily practice, feelings regarding changes, difficulties encountered, health education and positive experiences. Teamwork and professional appreciation were the most cited positive experiences; resistance and aggressiveness of users, precarious working conditions and worsening of the population's health conditions the main difficulties; fear, impotence and insecurity the negative feelings most evidenced. This establishes the importance of maintaining routine health activities in coping with the pandemic, the insertion of educational interventions more effectively to standardize the communication and technical knowledge of professionals and psychological follow-up of them
Palavras-chave: Atenção primária à saúde
Estratégia de Saúde da Família
Pandemia
Primary health care Family Health Strategy
Pandemic
Health education
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Crivellaro, Carla Martins. Percepções e práticas de profissionais da estratégia Saúde da Família no enfrentamento da pandemia Covid 19. 2021. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24852
Data do documento: 6-Dez-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Carla Martins Crivellaro.pdf1,96 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.