REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24664
Tipo: Dissertação
Título: Livro sobre nada: poética em pedaços de quase instante
Título(s) alternativo(s): Livro sobre nada: poetic in almost intant pieces
Autor(es): Costa, Valdegilson da Silva
Primeiro Orientador: Bastazin, Vera
Resumo: A pesquisa ora proposta acerca de Livro sobre nada (1996), de Manoel de Barros, objetiva avaliar os efeitos estéticos decorrentes da mobilização no espaço e tempo, sob a perspectiva do caráter desafiador que a escritura barreana estabelece com a temporalidade e espacialidade convencionais, marcadas pelo incessante utilitarismo e pela ininterrupta carga informacional - características próprias da modernidade. Nesse sentido, esta pesquisa problematiza, de modo mais pontual, os procedimentos literários utilizados por Manoel de Barros para promover os deslocamentos espaçotemporais em Livro sobre nada (1996), o que se analisa sob o ponto de vista da Fenomenologia proposta por Maurice Merleau-Ponty (2018). Nossa hipótese, entrevê, na poesia barreana, elementos transgressores a uma percepção calcada no isolacionismo, uma vez que a relação entre os eus líricos da obra em questão, os objetos e os seres mobilizam essa poética, que se aloja e se desloca em uma temporalidade múltipla, conforme o conceito heideggeriano de ekstases, do qual nos valeremos. Nesse sentido, a obra é um acontecimento e desacontecimento constante, fenômeno investigado à luz da concepção de espaço literário, proposto por Maurice Blanchot (2005), de inoperosidade, proveniente de Giorgio Agamben (2018) e de paisagem literária, cuja referência será a obra de Michel Collot (2013). A consciência estética do autor cria uma ordem de que resultam inúmeros poemas de caráter metalinguístico, analisados a partir de excertos de entrevistas concedidas pelo próprio poeta, das proposições de Samira Chalhub (1988) e de María Zambrano (1996), quem recorreremos como aporte acerca da relação entre poesia e pensamento
Abstract: The research proposed here about Livro sobre nada (1996), by Manoel de Barros, aims to evalute the aesthetic effects resulting from the mobilization in space and time, from the perspective of the perspective of the challenging character the Barrean writing estabilishes with teh conventional temporality and spatiality, marked by the incessant utilitarianism and the ininterrupted informational load - characteristic of modernity. In this sense, our research problematizes, in a more specific way, the literary procedures adopted by Manoel de Barros to promote the spatiotemporal displacements in Livro sobre nada (1996), which is analyzed from the perpective of the Phenomenology proposed by Maurice Merleau-Ponty (2018). Our hypothesis sees, in Barrean poetry trangressive elements to a perception baseado n isiolacionism, since the relatioship between the lyrical selves in question, objects and beings mobilize this poetic, which lodges and moves in a multiple temporality, according to the Heideggerian concept of ekstases. From this perspective, poetry is an event and a constant unhappiness, phenomenon investigated according to the concept of literary space, proposed by Maurice Blanchot (2005), of inoperability, originating from Giorgio Agamben (2018), as well as literary landscape, whose reference will be the ideas of Michell Collot (2013). The authour’s aesthetic awareness creates na order that results in numerous poems of a metalinguistic character, analyzed from excerpts from interviews given by the poet himself, from the propositions of Samira Chalhub (1988) and María Zambrano (1966), whom we will resort as a contribution about the relationship between poetry and thought
Palavras-chave: Poesia
Manoel de Barros
Livro sobre nada
Tempo-Espaço
Poetry
Manoel de Barros
Livros sobre nada
Time-Space
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Costa, Valdegilson da Silva. Livro sobre nada: poética em pedaços de quase instante. 2021. Dissertação (Mestrado em Literatura e Crítica Literária) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24664
Data do documento: 16-Ago-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Valdegilson da Silva Costa.pdf652,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.