REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Teologia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23739
Tipo: Dissertação
Título: Um regaste conceitual da compreensão da Igreja como Povo de Deus à luz da Lumen Gentium e sua aplicação no Doc. 105 da CNBB
Título(s) alternativo(s): A conceptual rescue of the notion of Church as People of God in the light of Lumen Gentium and its application in Doc. 105 of the CNBB
Autor(es): Frezzato, Anderson
Primeiro Orientador: Ottaviani, Edelcio Serafim
Resumo: Esta pesquisa visa apresentar a compreensão nocional de Igreja como Povo de Deus e a sua aplicação no Documento 105 “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade”, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. O referido documento, publicado em 2016, reflete sobre o protagonismo laical à luz da eclesiologia do Concílio Vaticano II. Trata-se de um esforço da Igreja, no Brasil, para receber e atualizar as propostas conciliares. Naquela ocasião, os Padres Conciliares, impulsionados por alguns movimentos renovadores do labor teológico romperam com uma visão eclesiológica demasiadamente fechada e jurídica, para afirmar que a Igreja é antes de tudo, um mistério cuja origem está em Deus Uno-Trino e sua concretização histórica se faz como povo, na eleição de Israel como Povo de Deus. E não somente, mas também novo Povo quando tantos outros se tornam discípulos e missionários de Jesus, congregados através da Igreja. A Igreja é, então, Povo de Deus, continuidade do povo da Antiga Aliança, comunidade de discípulos de Jesus, comunidade de iguais. Todos podem fazer parte do Povo de Deus pelo batismo e através deste sacramento basilar, todos têm a mesma dignidade dentro e fora da comunidade de fé. O que diferencia é modo como prestam serviço ao Reino de Deus. O objetivo da pesquisa é mostrar que o Doc. 105, se estudado e aplicado, é capaz de produzir maior consciência de pertença do Povo de Deus e engajamento na vida pastoral. No entanto, ainda é preciso fazer muito para que o espírito conciliar e suas perspectivas de abertura e diálogo chegue a Igreja do tempo presente. Muitas são as dificuldades atuais como mostra a Pesquisa de Campo realizada, como, por exemplo, a má formação do laicato, a falta de conhecimento sobre o evento conciliar e a incapacidade dos leigos em saber citar algum documento do Concílio. O clericalismo ainda é um grande empecilho para a renovação da comunidade eclesial e deve ser combatido, especialmente pelos cristãos leigos e leigas. Mostra-se em todo o desenvolvimento da pesquisa que os cristãos leigos e leigas são entendidos como sujeitos e realizam ações ad intra ou ad extra Ecclesia com autonomia e liberdade. Não são meras representações; são a Igreja de fato. Não estão presentes apenas na comunidade eclesial, mas, mais ainda na sociedade, onde são promotores de ações transformadoras. Atualmente, graças à ação divina na Igreja, se pode contar com o pontificado do Papa Francisco que por palavras e atitudes tem trazido à tona o espírito de aggiornamento conciliar, convidando a Igreja a estar em constante postura de saída, indo, na alegria da missão, ao encontro do outro, especialmente dos mais pobres. Francisco tem levado a Igreja a se tornar mais conciliar, especialmente quando faz apelo aos ministros ordenados para que tenham predileção pelo trabalho frente as ovelhas a eles confiadas, assumindo na própria vida as realidades de cada uma, a ponto de terem o cheiro delas
Abstract: This research aims to present the notional understanding of the Church as People of God and its application in the Document 105 “Lay Christians in the Church and Society” of the National Conference of Bishops of Brazil. This document, published in 2016, reflects on lay protagonism under the light of the ecclesiology of the Second Vatican Council. This is an effort by the Church in Brazil to receive and update the conciliar proposals. On that occasion, the Conciliar Fathers broke with an overly closed and juridical ecclesiological view, to affirm, propelled by some renewing movements of theological work, that the Church is first and foremost a mystery whose origin is in One-Triune God and a historical concretization. it is made as a people in the election of Israel as the People of God. And not only, but also new People when so many others become disciples and missionaries of Jesus, gathered through the Church. The Church is then the People of God, community of disciples of Jesus, community of equals. Everyone can be part of God's People through baptism and through this basic sacrament, everyone has the same dignity inside and outside the community of faith. What differentiates them is how they render service to the Kingdom of God. The purpose of the research is to show that Doc. 105 is an instrument capable of, if studied and applied, producing greater awareness of belonging to the People of God and the engagement in pastoral life. However, much remains to be done to bring the conciliar spirit and its prospects of openness and dialogue to the Church of the present time. There are many current difficulties, as the field research shows, such as the laity's poor formation, lack of knowledge about the conciliar event, and the inability of the laity to know how to cite any document of the Council. Clericalism is still a major hindrance to the renewal of the ecclesial community and must be fought, back especially by lay and lay Christians. It is shown throughout the development of the research that lay Christians are understood as subjects and perform actions ad intra or ad extra Ecclesia with autonomy and freedom. They are not mere representations; they are the church indeed. They are not only present in the ecclesial community, but even more so in society, where they are promoters of transformative actions. Today, thanks to divine inspiration in the Church, we can count on the pontificate of Pope Francis who through words and attitudes has brought to light the spirit of conciliar aggiornamento, inviting the Church to be in a constant posture for departure, going, in them joy for the mission, aiming to meet the other, especially the poorest. Francis has led the Church to become more conciliatory, especially when he appeals to ordained ministers to have a penchant for working with the sheep entrusted to them, assuming in their own lives uhe realities of each one to the point of smelling like them
Palavras-chave: Concílio Vaticano (2. : 1962-1965). Constitutio dogmatica de ecclesia
Povo de Deus
Leigos (Religião) - Igreja Católica
Second Vatican Council
People of God
Laity - Catholic Church
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Teologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Teologia
Citação: Frezzato, Anderson. Um regaste conceitual da compreensão da Igreja como Povo de Deus à luz da Lumen Gentium e sua aplicação no Doc. 105 da CNBB. 2020. 222 f. Dissertação (Mestrado em Teologia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Teologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23739
Data do documento: 17-Abr-2020
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Teologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Anderson Frezzato.pdf1,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.