REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/21965
Tipo: Dissertação
Título: A União Cultural Brasil-Estados Unidos e as políticas culturais
Autor(es): Boyd, Andrew Blake
Primeiro Orientador: Warde, Mirian Jorge
Resumo: O tema desta pesquisa é a implantação da União Cultural Brasil-Estados Unidos, em São Paulo, Brasil, e seus primeiros anos de existência (1938-1951). Seu alvo principal é verificar como a instituição, desde a criação até os primeiros anos de funcionamento, caminhou na direção dos ideais e projetos de grupos estatais e não-estatais norte-americanos. Em complemento, examina-se a participação da União Cultural Brasil-Estados Unidos como um instrumento da política diplomática, principalmente em seus aspetos culturais e educacionais. As atenções estão centradas na União com vistas a examinar a escola como um instrumento das políticas e práticas norte-americanas específicas do período em tela. Destaca-se, também, o papel do Escritório do Coordenador de Assuntos Inter-Americanos (OCIAA), e de intelectuais brasileiros e norte-americanos na propagação da diplomacia cultural norte-americana em geral, e especificamente, em relação à própria União Cultural Brasil-Estados Unidos. Examina-se, nos primeiros anos de funcionamento da União Cultural Brasil-Estados Unidos, a fundação de sua escola de Inglês, a composição de seus cursos, bem como seu crescimento em número de alunos, A metodologia do ensino de Inglês, adotada na União pelos professores norte-americanos, foi brevemente examinada e relacionada com o movimento de "americanização" ocorrido nos Estados Unidos entre as primeiras décadas do século XX. As publicações da entidade em seus variados formatos, foram examinadas à luz dos objetivos da instituição, cuja proposta principal era a aproximação cultural do Brasil e os Estados Unidos. Há um prólogo e um epílogo para situar a União Cultural Brasil-Estados Unidos historicamente. As principais fontes de pesquisa foram colhidas nos arquivos da entidade, Arquivo do Estado de São Paulo e o Arquivo da Fundação Rockefeller. Os quatro termos temáticos mais significativos são a União Cultural Brasil-Estados Unidos, o americanismo, o ensino de Inglês e as relações binacionais
Abstract: The topic of this research paper is the implantation of the União Cultural Brasil- Estados Unidos, in Brazil, and its first few years of existence (1938-1951). The main focus is how this institution, from its creation through its first years of operation, progressed in the direction of the ideals and projects of American public and private groups. As a complement, it examines the participation of the União Cultural Brasil-Estados Unidos as an instrument of political diplomacy, mainly in cultural and educational aspects. Attention is centered on the school to examine it as an instrument of specific American policies and practices during the period chosen. In a major role, the Office of the Coordinator of Inter- American Affairs (OCIAA) and Brazilian and American intellectuals were involved in the propagation of American diplomacy, in general, and specifically in relation to the União Cultural Brasil-Estados Unidos. The text examines the first years of operation of the school, the founding of its English course, the composition of its courses and it accompanies the growth in the number of students. There are notes about the teaching methodology used by the school's American teachers and notes about the process of Americanization of immigrants in the U.S. that could have an influence on teaching methodology in Brazil. The text deals with the school's publications, in their various formats, and their influence on the lives of São Paulo's residents. It examines the publications in view of the organization's objectives, which were principally to foster common ground for Brasil and the United States in the realm of culture. There is a prologue and an epilogue to situate the school historically. The main sources come from the school itself, the Archives of the state of São Paulo and the Rockefeller Archives
Palavras-chave: União Cultural Brasil-Estados Unidos - São Paulo (cidade) - História - 1938-1951
Língua inglesa - Estudo e ensino - Falantes estrangeiros - Brasil
Estados Unidos - Politica cultural
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade
Citação: Boyd, Andrew Blake. A União Cultural Brasil-Estados Unidos e as políticas culturais. 2003. 132 f. Dissertação (Mestrado em Educação: História, Política, Sociedade) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21965
Data do documento: 11-Ago-2003
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANDREW BLAKE BOYD.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.