REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/21876
Tipo: Dissertação
Título: Saber morrer: o papel pedagógico da morte na doutrina espírita kardecista à luz do ser-para-a-morte heideggeriano e da aceitação da morte enquanto libertação em Leon Denis
Autor(es): Aversa, Victor Pereira
Primeiro Orientador: Brito, Enio José da Costa
Resumo: Introdução – O tema da morte se apresenta cada vez menos benquisto em relação aos ideais higienizadores da modernidade. A morte é condenada a permanecer no anonimato enquanto o ser humano sai em busca de uma forma de se completar por meio dos sonhos materiais, sendo fadado, mais cedo ou mais tarde, a se encontrar com o seu inevitável fim. Visto que muitos problemas sociais estão ligados à impossibilidade do ser humano em admitir e assimilar a sua condição de ser mortal, um “saber morrer” se mostra urgente, por meio de uma educação para a morte. A doutrina espírita de Allan Kardec surge com a promessa de que por meio dela seria possível ao indivíduo obter o conhecimento racional das questões ainda obscuras do universo e afirma a existência de uma alma imortal, tornando assim o ser humano um ser imortal na sua essência. Seria o Espiritismo uma possibilidade viável para um “saber morrer” a partir de um viés religioso? Objetivo – A partir da ideia de uma “qualidade existencial”, baseada no “ser-para-a-morte” heideggeriano e na ideia de morte enquanto libertação em Léon Denis, investigar se a doutrina espírita se apresenta como uma possibilidade viável de um “saber morrer” em viés religioso, fazendo o indivíduo assimilar a sua própria condição mortal e, dessa maneira, viver melhor para si e para o outro. Métodos – Fora feita a leitura das obras de Allan Kardec que compõe a chamada “Codificação Espírita” em um primeiro momento a fim de apresentar o tema da morte sob a visão da doutrina espírita. Em um segundo momento, apresentamos a ideia de “qualidade existencial” expondo o tema da morte em Martin Heidegger e Léon Denis, fazendo o contraponto e as convergências entre esses pensamentos. Por fim, fora abordada a problemática envolvida na falta de uma educação para a morte nos dias atuais e como que esse ato educativo poderia ser viabilizado nos baseando na obra “Educação para a morte” do pensador espírita brasileiro Herculano Pires. Resultados – Concluímos que a doutrina espírita de Allan Kardec se apresenta como uma grande auxiliadora ao “saber morrer” sob um viés religioso e uma clara possibilidade de fazer o indivíduo a assimilar a sua condição. No entanto, é preciso que se tome cuidado com o proselitismo, visto que tanto Allan Kardec, como Léon Denis e o próprio Herculano Pires tendem à colocar o Espiritismo sob uma égide salvacionista, apresentando-o como uma doutrina “científica” que oferece explicações “racionais” para os fenômenos que a religião costuma tratar a partir dos mitos
Abstract: Introduction - The theme of death is less and less beneficial in relation to the hygienizing ideals of modernity. Death is condemned to remain anonymous as the human being goes out in search of a way to complete himself through material dreams, and is bound, sooner or later, to meet his inevitable end. Since many social problems are linked to the impossibility of human beings to admit and assimilate their condition of being mortal, a "knowing to die" is urgent, through an education to death. Allan Kardec's spiritist doctrine comes with the promise that through it it would be possible for the individual to obtain rational knowledge of the still obscure questions of the universe and affirm the existence of an immortal soul, thus making the human being an immortal being in its essence. Is Spiritism a viable possibility for a "knowing to die" from a religious bias? Objective - From the idea of an "existential quality," based on Heidegger's “being-towards-death” and the idea of death as liberation in Leon Denis, investigate whether the Spiritist doctrine presents itself as a viable possibility of a "knowing to die" in religious bias, making the individual assimilate his or her own mortal condition and, in this way, living better for himself and for the other. Methods - Reading the works of Allan Kardec, who composed the so-called "Spiritist Codification", was first read to present the theme of death under the vision of the Spiritist Doctrine. In a second moment, we present the idea of "existential quality" exposing the theme of death in Martin Heidegger and Leon Denis, making the counterpoint and the convergences between these thoughts. Finally, the problem involved in the lack of an education for death in the present day and how this educational act could be made possible was based on the work "Education for the death" of the Brazilian spiritist thinker Herculano Pires. Results - We conclude that Allan Kardec's spiritist doctrine presents itself as a great aid to "knowing to die" under a religious bias and a clear possibility of making the individual assimilate his condition. However, care must be taken with proselytism, since both Allan Kardec, Leon Denis and Herculano Pires themselves tend to put Spiritism under a Salvationist aegis, presenting it as a "scientific" doctrine that offers "rational "to the phenomena that religion usually treats from the myths
Palavras-chave: Morte - Aspectos religiosos
Espiritismo
Educação para a morte
Death - Religious aspects
Spiritualism
Education for the death
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Aversa, Victor Pereira. Saber morrer: o papel pedagógico da morte na doutrina espírita kardecista à luz do ser-para-a-morte heideggeriano e da aceitação da morte enquanto libertação em Leon Denis. 2018. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21876
Data do documento: 13-Dez-2018
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Victor Pereira Aversa.pdf2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.