REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/19888
Tipo: Dissertação
Título: A Base Nacional Comum Curricular em questão
Autor(es): Rodrigues, Vivian Aparecida da Cruz
Primeiro Orientador: Chizzotti, Antônio
Resumo: Desde 2015, o Ministério da Educação, acompanhado de outras instituições, especialmente Conselho Nacional de Secretários da Educação e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, se propôs a construir um documento intitulado: Base Nacional Comum Curricular (BNCC) ao Sistema de Ensino Brasileiro e divulgar suas versões ao público, via portal eletrônico. Essa é a proposta mais atual do MEC, embora não seja nova; em momentos anteriores já se anunciava e sugeria-se ideias de elaboração de uma base, mas tais discussões não se fizeram presentes na concretização das duas versões preliminares apresentadas. Frente ao principal problema notado nos meios educacionais que é a ausência de clareza sobre a discussão e a construção de uma base, buscou-se, na pesquisa, ampliar a compreensão sobre o processo de discussão e a construção da Base Nacional Comum Curricular no Sistema Educacional Brasileiro, a partir das duas versões apresentadas. Para tanto, por meio de uma metodologia de levantamento bibliográfico qualitativo e documental, observou-se a construção da concepção de base comum curricular na história do currículo e verificou-se alguns modelos de currículos externos; estudou-se a estrutura do texto BNCC – 1ª e 2ª versões, especificamente nas suas partes introdutórias e analisou-se pareceres dos pareceristas oficiais, considerando suas críticas à primeira versão preliminar. Autores como Gimeno Sacristán (1998, 2000, 2013), Apple (2006), Arroyo (2013), Jurjo Santomé (2013), Chizzotti e Ponce (2012), Libâneo (2012), Cury (2014), Alves (2014), Macedo (2014, 2015, 2016), Lima Verde (2015), dentre outros, formaram o escopo da fundamentação teórica do trabalho, além dos documentos oficiais do Ministério da Educação. Concluiu-se um avanço no texto de uma versão para outra, porém, notou-se que a estrutura da base não foi posta em discussão pelos órgãos responsáveis, nesse momento histórico
Abstract: Since 2015, the Brazilian Ministry of Education, together with other institutions, particularly the Brazil's National Board of Secretaries of Education and the National Union of Municipal Directors of Education have proposed to write up a paper entitled: Curricular Common National Basis (CCNB) to the Brazilian Education system and to spread out its version to the community by electronic means. That is the most current proposal of the Brazilian Ministry of Education and its relevance is yet questionable in the educational area, although it is not a new one; in previous time, it was already announced and, including, it should be suggested some ideas on an elaboration of a national basis, but such negotiations no longer exist on the achievement of the two presented introductory versions. Facing the main noticed problem in education which is the absence of clarity in the educational and academic circles, about the negotiation and the elaboration of a basis, we sought after on the research to amplify the comprehension on the negotiation process and the elaboration of the curricular common national basis in the Brazilian Educational System from the two versions presented. Therefore, it was observed the elaboration of a curricular common basis in the history of national curriculum and some external curriculum frameworks; it has been studied the structures of the CCNB texts – 1st e 2nd versions, specifically in the introductory fragments, some technical views were analyzed from the official peer-review committee, taking into consideration their critics to the first preliminary version. Authors as Gimeno Sacristán (1998, 2000, 2013), Apple (2006), Arroyo (2013), Jurjo Santomé (2013), Chizzotti and Ponce (2012), Libâneo (2012), Cury (2014), Alves (2014), Macedo (2014, 2015, 2016) , Lima Verde (2015), among others were the scope of the theoretical foundation of this work, besides the official papers from the Brazilian Ministry of Education. It was noticed a long step forward related to the offered text of one version to another, but, the negotiation was over delayed about the structure of a paper that could be considered a national Basis and it was not contemplated by the responsible authorities
Palavras-chave: Base Nacional Comum Curricular
Planejamento educacional - Brasil
Sistema de Ensino Brasileiro
Curricular Common National Basis
Brazilian Education System
National curriculum
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Rodrigues, Vivian Aparecida da Cruz. A Base Nacional Comum Curricular em questão. 2016. 182 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Currículo) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19888
Data do documento: 31-Jan-2017
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vivian Aparecida da Cruz Rodrigues.pdf10,02 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.