REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/17528
Tipo: Dissertação
Título: O padrão emergente de intervenção social e a hipertrofia de um (novo) voluntariado
Autor(es): Andrade, Janice Gusmão Ferreira de
Primeiro Orientador: Yasbek, Maria Carmelita
Resumo: A reforma do Estado, o capitalismo contemporâneo e a reestruturação produtiva têm provocado mudanças no comportamento da sociedade. No intuito de fazer frente às expressões da questão social a sociedade tem atuado de forma voluntária para minorar as carências sofridas pelos indivíduos. Em contrapartida, a mídia, vem incentivando o desempenho do trabalho voluntário que ganha neste cenário uma (nova) conotação. O indivíduo que antes exercia a ação voluntária com base nos sentimentos de compaixão e amor, agora pratica a ação voluntária com vontade de transformar o social e efetivar sua cidadania. A emersão do voluntariado acontece na emergência do capital transferir à responsabilidade do Estado no enfrentamento às questões sociais para os indivíduos. Os indivíduos sensibilizados com o crescente processo de exclusão social e desigualdades vividas por grande parte da população, têm se mobilizado no enfrentamento das questões sociais sem muitas vezes, esperar pela ação direta do Estado. Nossa pesquisa mostra que o voluntariado faz parte de uma investida a favor do desmonte dos direitos sociais universais, faz parte da ideologia neoliberal que transforma direitos em benefícios eventuais e os sujeitos de direitos em súditos, dependentes dos eventuais favores da sociedade, ficando a cargo da solidariedade. No momento em que a sociedade se mobiliza, se organiza para contribuir no enfrentamento das expressões da questão social, o Estado vai se afastando, diminui sua participação como provedor e executor de políticas sociais, indo na contramaré do texto constitucional, se limitando a fiscalizar as ações desenvolvidas pelo terceiro setor e pelos voluntários. O terceiro setor estaria desenvolvendo um papel político-ideológico funcional ao capital. Ele vem reforçar os ditames do neoliberalismo, reeditando as normas das questões trabalhistas, criando uma nova lógica de democracia e uma nova lógica do que é cidadania, reconsiderando o poder do Estado no trato da questão social
Palavras-chave: Intervenção social
Voluntariado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Serviço Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Andrade, Janice Gusmão Ferreira de. O padrão emergente de intervenção social e a hipertrofia de um (novo) voluntariado. 2011. 183 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17528
Data do documento: 9-Jun-2011
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Janice Gusmao Ferreira de Andrade.pdf6,84 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.