REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/9699
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBastos, Marcelo de Andrade-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4709933D0por
dc.contributor.advisor1Casali, Alipio-
dc.date.accessioned2016-04-27T14:31:04Z-
dc.date.available2013-04-24-
dc.date.issued2013-04-12-
dc.identifier.citationBastos, Marcelo de Andrade. O professor universitário em tempos de barbárie e os desafios para a formação da autonomia. 2013. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/9699-
dc.description.resumoO mundo globalizado e altamente competitivo em que vivemos requer a cada dia profissionais mais bem preparados. A Universidade, que em princípio é o lugar de liberdade e autonomia para ensinar, pesquisar e exercer o pensamento crítico, tem a urgente necessidade de compreender suas possibilidades de intervenção na transição sócio-histórica da sociedade. A principal questão que emerge nesta pesquisa é a da barbárie, em sua origem, seu significado e suas manifestações ontem e hoje, mais especificamente nas questões referentes ao ensino superior e suas relações com o sujeito da pesquisa, o professor universitário.Este trabalho considera inicialmente o papel da universidade, sua origem, estrutura e importância. Reflete sobre a figura do professor universitário no que se refere à sua formação, tendo como fundo a relevância do Currículo para a formação da autonomia na Universidade. Após esse movimento inicial, reflete sobre alguns acontecimentos do mundo atual, apresentando um panorama das práticas e dos desafios enfrentados pela sociedade, relacionando-os ao conceito de barbárie, em suas origens, seus significados, suas causas e consequências. Por fimsão apresentados os resultados da pesquisa de campo, de abordagem qualitativa, realizada numa instituição de ensino superior privada na cidade de São Paulo. Foi empregada a pesquisa bibliográfica com análise de conteúdo sobre os dados colhidos mediante questionários e entrevistas semi-estruturadas. As considerações finais procuram refletir sobre os apontamentos teóricos e empíricos levantados durante a pesquisa e propõem possíveis caminhos para a formação da autonomia do professor universitário. Os principais autores de sustentação desta pesquisa são Theodor Adorno e Paulo Freire, e secundariamente, Michael Apple, Henry Giroux, ZygmuntBauman e John Dewey, entre outrospor
dc.description.abstractThe highly competitive and globalized world we live in requires better prepared professionals. The University, which is in principle a place of freedom and autonomy to teach, research and exercise critical thinking, has an urgent need for understanding its possibilities of intervention in socio-historical transition of society. The main issue that raises from this research is that of the barbarism in its origin, its meaning and its manifestations yesterday and today, more specifically in matters related to higher education and its relationship to the research subject, the university professor. This paper initially considers the role of the University, its origin, structure and importance. It reflects on the figure of the professor in regard to their training, having as background the relevance of the curriculum for the seek of autonomy this initial movement, this research reflects on some current events in the world, presenting an overview of the practices and challenges faced by society, relating them to the concept of barbarism, its causes and consequences. Finally we present the results of field research, qualitative study, conducted in a private higher education institution in the city of São Paulo. Bibliographical research was undertaken with content analysis on data collected through questionnaires and semi-structured interviews. The final considerations seek to reflect on the theoretical and empirical notes collected during the research and propose possible pathways for the development of the autonomy of the university professor. The supporting authors of this research are primarily Theodor Adorno and Paulo Freire, and secondarily, Michael Apple, Henry Giroux, Zygmunt Bauman and John Dewey, among otherseng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/22664/Marcelo%20de%20Andrade%20Bastos.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEducação superiorpor
dc.subjectProfessor universitáriopor
dc.subjectBarbáriepor
dc.subjectAutonomiapor
dc.subjectHigher educationeng
dc.subjectUniversity professoreng
dc.subjectBarbarismeng
dc.subjectAutonomyeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULOpor
dc.titleO professor universitário em tempos de barbárie e os desafios para a formação da autonomiapor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcelo de Andrade Bastos.pdf1,08 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.