REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/5250
Tipo: Dissertação
Título: Padrões de beleza na publicidade das revistas femininas (dos anos 1960 aos dias atuais)
Título(s) alternativo(s): Beauty patterns on women´s magazines advertising (from 1960 to nowadays)
Autor(es): Gentil, Gisele Mello
Primeiro Orientador: Beiguelman, Giselle
Resumo: Este projeto tem como objetivo pesquisar a influência das revistas femininas na formação do padrão de beleza. Para tanto, parte de uma análise dos padrões de beleza das décadas de 1960, 1970, 1980, 1990 e 2000 veiculados nos anúncios publicitários das revistas CLAUDIA e NOVA, publicadas pela Editora Abril, que constituem o corpus da pesquisa. Destaque especial é dado ao uso de softwares de edição de imagem, como o Photoshop, em virtude da recorrência de seu uso na pós-produção das fotos publicitárias de mulheres veiculadas nas revistas analisadas, fato comprovado incisivamente pelas entrevistas com profissionais das revistas Playboy e NOVA, que complementaram a pesquisa. Do ponto de vista teórico, a pesquisa se apóia em Umberto Eco, Georges Vigarello e Nancy Etcoff para a história da beleza; Lucia Santaella, para a abordagem do fenômeno emergente do pós-humano; e para embasar as análises sobre as políticas do corpo no contexto da cultura digital, Mark Dery, Nízia Villaça e Paula Sibilia. Através da hipótese de que o padrão de beleza feminino atual parte de uma imagem, foi analisado nos anúncios publicitários a aparência das mulheres, suas atividades e outros elementos como cores e formas presentes. As análises mostram que a exposição das imagens publicitárias de mulheres mecanicamente perfeitas, alteradas e corrigidas por editores de imagens, impõe às mulheres reais um padrão de beleza naturalmente impossível, levando a busca de soluções para que possam fazer em seus corpos o que o Photoshop faz na publicidade. Ao final, com base no corpus da pesquisa e à luz da bibliografia, conclui-se que o padrão de beleza atual passou a ser um estereótipo e sofre interferências dos meios de comunicação e do novo cenário tecnológico e é pautado por imagens projetadas pela publicidade. São imagens que passam por diversas intervenções de programas de edição e correção de formas e que levam diversas mulheres a submeter-se a processos cirúrgicos e químicos, no intuito de aproximar-se da imagem apresentada nos meios de comunicação
Abstract: This project has the goal to research the influence of women´s magazines on the making up of the present female beauty patterns. For doing so, the research starts from an analysis of the beauty patterns in 1960´s, 1970´s, 1980´s, 1990´s and 2000´s run in the advertising of CLAUDIA and NOVA magazines published by Abril publisher, building up the corpus of this research. A special attention is given to the use of editing softwares to correct images such as Photoshop, due to the fact of its extensive use in post production of women´s advertising photos run in the analyzed magazines; fact incisively proved through interviews with professionals from PLAYBOY and NOVA magazines that complemented the research. From the theoretical point of view, this research is based upon Umberto Eco, Georges Vigarello and Nancy Etcoff works on the history of beauty; the work of Lucia Santaella on the approach of the forthcoming post human phenomenon; to support the ideas of analysis on the politics of the body in the context of the digital culture the works of Mark Dery, Nízia Villaça and Paula Sibilia were used. Through the theory that the pattern of present female beauty is part of an image, women´s appearance, their activities and other elements such as colors and images were analyzed in the publicity ads. The analysis show that the exposure to the advertising images of women mechanically perfect, changed and corrected through the use of editing images softwares, impose to real women a naturally impossible beauty pattern leading them to search for solutions to make their bodies into what the Photoshop makes in advertising. At the end, based upon the corpus of the research and in the light of its bibliography, it is concluded that the present beauty pattern became a stereotype and it suffers the influence of the means of communication and the new technological scenery and it is ruled by the images projected in advertising. Those are images that go through several interventions of editing and correcting softwares that lead several women to submit themselves to surgical and chemical interventions with the purpose of drawing closer to the image shown on the means of communication
Palavras-chave: Beleza
Imagem técnica
Photoshop
Revistas femininas
Publicidade
Beauty
Technical image
Women´s magazines
Advertising
Beleza feminina (Estetica)
Mulheres na propaganda
Revistas femininas
Publicidade em revistas
Fotografia -- Tecnicas digitais
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Gentil, Gisele Mello. Beauty patterns on women´s magazines advertising (from 1960 to nowadays). 2009. 87 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5250
Data do documento: 29-Set-2009
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Gisele Mello Gentil.pdf38,34 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.