REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4828
Tipo: Tese
Título: Narrativa como ensaio cinematográfico: montagem e estética do fragmento no pensamento de W. Benjamim
Autor(es): Santana, Claudia da Silva
Primeiro Orientador: Pinheiro, Amálio
Resumo: Pretende-se nesse trabalho explorar as relações entre linguagem, cinema e infância a partir da análise de uma seleção de ensaios escritos por Walter Benjamin sobre a Modemidade, enfatizando-se a força da imagem na constituição de formas emergentes de narrativas no século xx. Busca-se discutir como uma noção de infância, que ganha expressão na obra benjaminiana, se articula ao cinema. O princípio da montagem constitui-se a base da historiografia benjaminiana. Trata-se de um procedimento das vanguardas estéticas do início do século xx. Os conceitos de montagem do Dadaísmo, do Surrealismo, do Teatro Épico e dos meios de comunicação de massa, jornal e cinema, exercem presença marcante nos trabalhos de Benjamin. O projeto benjaminiano de uma historiografia da modemidade, concebido através da montagem de imagens dialéticas capazes de provocar o "despertar dos sonhos coletivos", implica no reconhecimento do potencial das técnicas cinematográficas para a construção de outras formas narrativas. Crucial para esse experimento é a noção de choque. Trata-se de provocar a irrupção abrupta de significações provisórias através de contraste e confronto de idéias. A narrativa benjaminiana se elabora enquanto montagem. O autor procura uma forma de narrativa que permita o surgimento de relações surpreendentes e inesperadas entre elementos distantes. O distante se faz próximo. Não se trata de enriquecimento do familiar tanto quanto de um estranhamento. A montagem permite a penetração de umfamiliar naturalizado. Mostra-se um inacabamento. Buscase os efeitos de um tremor, um estremecimento. Fragmentação e descontinuidade constituem-se em categorias fundamentais para se pensar as novas formas narrativas suscitadas pelas técnicas cinematográficas
Abstract: The purpose of this work is to explore interrelations between language, cinema and childhood on the basis of a selection of Walter Benjamin's essays conceming modemity, with emphasis on the power of image in the constitution of twentieth-century emergent narrativa forms. The intention is to discuss the manner in which a notion of childhood relates to cinema in Benjamin's work. The principie of montage is basic to Benjamin's historiography, as well as to procedures of early twentieth-century aesthetic vanguards. Concepts of montage pertaining to Dadaism, Surrealism, Epic Theatre, and mass media, joumalism and cinema, are significantly present in Benjamin's work. Benjamin's project regarding a historiography of modemity, conceived in terms of a montage of dialectical images capable of provoking the "awakening from collective dreams", implies in the recognition of the potential of cinematographic techniques for the construction of other narrativa forms. The notion of shock effect is crucial to this experiment. Here, provisional meanings erupt by effects of contrasting and confrontational ideas. Narrative, in Benjamin's terms, is constructed as montage. The author searches for narrativa forms which make possible the appearance of surprising and unexpected relations between distant elements. The distant becomes proximate. Here, it is a question not of the enrichment of the familiar, but, in fact, of an estrangement. Montage allows for penetration of what is naturalized and familiar. Incompleteness es revealed. Fragmentation and discontinuity emerge as fundamental categorias for understanding the new narrativa forms made possible by cinematographic techniques
Palavras-chave: Cinema
Montagem
Narrativa
Infância
Modemidade
Benjamin
Cinema
Montage
Narrativa, Childhood
Modemity
Benjamin, Walter -- 1892-1940 -- Critica e interpretacao
Cinema
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Santana, Claudia da Silva. Narrativa como ensaio cinematográfico: montagem e estética do fragmento no pensamento de W. Benjamim. 2002. 145 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4828
Data do documento: 30-Mar-2002
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Claudia da Silva Santana.pdf
  Restricted Access
3,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.