REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4437
Tipo: Tese
Título: Mal-estar na adolescência: jovens de agendas lotadas nas redes sociais
Autor(es): Matta, João Osvaldo Schiavon
Primeiro Orientador: Prado, José Luiz Aidar
Resumo: Nesta tese debruçamos-nos sobre o consumo dos jovens nas redes sociais da internet. Entende-se aqui consumo, para além do simples ato de compra de produtos, como um código que traduz as relações dos jovens, articulando-as a partir de três dimensões: consumo de tecnologia, de informação e de capitais simbólicos, aqui representados pela visibilidade midiática. Mais especificamente, buscamos responder às seguintes questões: os adolescentes pesquisados correspondem ao perfil de nativos digitais com ampla vivência na internet e alta competência técnica no uso das redes sociais, tal como difundido pelo senso comum? Como se revela, na prática, o cotidiano de consumo destes jovens? Para tanto, ao longo de oito meses, utilizamos recursos como Skype, e-mail e Facebook para nos comunicar com os participantes do estudo, de cujas agendas diárias participamos. O grupo pesquisado foi composto por alunos de três escolas do ensino médio do interior de São Paulo, sendo duas particulares e uma pública, na faixa etária entre doze e dezessete anos, possuidores de seus próprios aparatos tecnológicos para acessar a web. Os referenciais teóricos envolvem a Antropologia do Consumo e estudos sobre a Cultura Material suscetíveis de desvendar como as novas tecnologias estão sendo assimiladas pelos seus diferentes usuários. Alguns nomes representativos desses campos são Daniel Miller, Dan Slater, Roberta Sassatelli e Grant McCraken. Metodologicamente, a pesquisa aciona diversas técnicas, tais como: entrevistas em profundidade, observações participantes e o a construção de um diário de campo. Em todas as suas três dimensões pesquisadas consumo de tecnologia, de informação e de capitais simbólicos foram verificadas intensas práticas de consumo, relacionadas a um cotidiano de agendas lotadas, fonte de intenso estresse e insatisfação para os adolescentes, tal como observado no universo adulto
Abstract: In this thesis we researched on the consumption of young people on internet social networks. Beyond the simple act of buying products, we mean consumption as a code which reflects the relationship of young people, linking them to three dimensions: consumption of technology, information and symbolic capital, which is represented here by the media visibility. More specifically, we answer the following questions: are the adolescents really digital natives with high experience and extensive technical competence using social network on the internet, such as widespread the common sense? How is the everyday practice of consumption of young people? In order to answer this, throughout eight months, we use tools like Skype, e-mail, and Facebook to communicate with the young participants of this study, whose day-to-day we have participated. The group was made up of students from three high schools of Sao Paulo´s countryside, two of them being private school and other one public, their age ranged between twelve and seventeen years old, who are owners of their own technical devices to access the web. The theoretical framework from this research includes the Anthropology of Consumption, and Material Culture studies, which are able to reveal how new technologies are being assimilated into their different users. Few important names of these fields of knowledge are Daniel Miller, Dan Slater, Roberta Sassatelli, and Grant McCraken. Methodologically, the research drove different strategies, such as interviews, monitoring of participants, and building a field diary. Considering the three dimensions of this research consumption of technology, information, and symbolic capital we have seen intense consumption practices, related to a routine of hectic schedules, which is a source of intense stress, and discontents for adolescents, as seen in adulthood
Palavras-chave: Consumo
Redes sociais
Adolescentes
Antropologia do consumo
Etnografia
Consumption
Social networks
Adolescents
Anthropology of consumption
Ethnography
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Matta, João Osvaldo Schiavon. Mal-estar na adolescência: jovens de agendas lotadas nas redes sociais. 2012. 256 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4437
Data do documento: 5-Out-2012
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Joao Osvaldo Schiavon Matta.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.