REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29536
Tipo: Tese
Título: Fake news: essência e aparência
Autor(es): Melati, Nathalia Martins
Primeiro Orientador: Ferreira, Luiz Antonio
Resumo: Esta tese trata da produção retórica do discurso mentiroso. Investigamos a construção da argumentação do discurso das fake news, ou da informação falsa, como preferimos nomeá-las. A informação falsa integra o universo da desordem informacional, ou desinformação, por ser um esforço de se impor como parte da opinião pública, como doxa, isto é, como um conhecimento consolidado no seio social. O interesse pela informação falsa nasceu da eficácia desses discursos. A informação falsa é persuasiva, portanto, retórica, porque muda a disposição do auditório acerca de crenças e acontecimentos. Assim, questionamos como aplicar a teoria retórica a um discurso sabidamente falso, uma vez que a Retórica se esquiva justamente de quem produz esse tipo de discurso: o orador desonesto. A nossa primeira hipótese é que há uma conexão entre a informação falsa e o kairos, as circunstâncias em que esse discurso passa a existir; e a segunda é que o funcionamento das redes sociais altera a argumentação da informação falsa. O nosso objetivo é estabelecer categorias de análise para a informação falsa baseadas na Retórica. Para perseguir esse objetivo, adotamos como método de pesquisa uma abordagem qualitativa, dividida em levantamento bibliográfico, seleção do corpus, análise e interpretação dos resultados. O nosso corpus é composto por oito publicações em texto ou texto e imagem sobre os efeitos colaterais da vacinação contra a covid-19 postadas na rede social Twitter. A partir da análise, percebemos como as informações falsas sobre os efeitos colaterais das vacinas acompanham o seu tempo. A informação falsa existe porque se contrapõe a doxa, por isso a importância do momento da publicação para a compreensão do efeito dessa informação no auditório. A nossa segunda hipótese também se confirmou. Para o auditório de essência, isto é, contrário ao conselho do orador da informação falsa, o apelo emocional do discurso, as provas patéticas, foram o destaque; enquanto que para o auditório da aparência, favorável ao orador, o apelo moral do discurso, as provas éticas, foram mais relevantes. A identificação entre orador e auditório da aparência é crucial para a interação desse auditório com o discurso nas redes sociais
Abstract: This thesis deals with the rhetorical production of fake discourse. We investigate the construction of the argumentation of fake news, or false information, as we prefer to name them. False information integrates the universe of informational disorder, or disinformation, as it is an effort to impose itself as part of public opinion, as doxa, that is, as a consolidated knowledge in the social bosom. The interest in false information was born from the effectiveness of these discourses. False information is persuasive, therefore rhetorical, because it changes the audience's mood about beliefs and events. Thus, we question how to apply the rhetorical theory to a discourse known to be false, since Rhetoric evades precisely who produces this type of discourse: the dishonest speaker. Our first hypothesis is that there is a connection between false information and kairos, the circumstances in which this discourse comes into being; and the second is that the functioning of social networks changes the argumentation of false information. Our aim is to establish categories of analysis for false information based on Rhetoric. To pursue this objective, we adopted a qualitative approach as a research method, divided into bibliographic survey, corpus selection, analysis and interpretation of results. Our corpus consists of eight publications in text or text and image on the side effects of vaccination against covid-19 posted on the social network Twitter. From the analysis, we realized how false information about the side effects of vaccines keeps up with its time. False information exists because it opposes doxa, hence the importance of the moment of publication for understanding the effect of this information on the audience. Our second hypothesis was also confirmed. For the audience of essence, that is, contrary to the speaker's advice of false information, the emotional appeal of the speech, the pathetic proofs, were the highlight; while for the audience the appearance, favorable to the speaker, the moral appeal of the speech, the ethical proofs, were more relevant. The identification between speaker and audience of appearance is crucial for the interaction of this audience with the discourse on social networks
Palavras-chave: Fake news
Retórica
Discurso
Fake news
Rhetoric
Discourse
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Melati, Nathalia Martins. Fake news: essência e aparência. 2022. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29536
Data do documento: 22-Set-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Nathalia Martins Melati.pdf1,87 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.