REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24828
Tipo: Dissertação
Título: “O nome de Deus e o novo governo”: a questão da secularização do Estado na imprensa metodista (1886-1891)
Autor(es): Silva, Rodrigo Henrique Ferreira da
Primeiro Orientador: Londoño, Fernando Torres
Resumo: Nesta pesquisa procuramos analisar a visão da Igreja Metodista no Brasil sobre o processo de secularização do Estado brasileiro entre os anos finais do Império e início do Período Republicano (1886-1891), período marcado pela separação institucional entre o Estado e a Igreja Católica, instituições unidas desde o início da colonização portuguesa através do regime do Padroado. Portanto, se concentrará em dois momentos distintos: primeiramente nos debates e no esforço metodista pelo fim do sistema de Padroado e pela separação institucional entre a Igreja Católica e o Estado durante os anos finais do Império (1886-1889) e posteriormente, na luta pela consolidação da secularização, que se estende até a promulgação da Constituição de 1891. Pretende-se assim compreender como os missionários da referida Igreja entendiam as relações entre o Estado e as religiões, bem como agiam para garantir a separação institucional entre a esfera pública-política e a religiosa, processo este aqui designado como secularização, e que era considerado essencial pelos missionários metodistas para o desenvolvimento de sua Igreja. Para tanto, tomamos como fonte primária os periódicos editados pela Igreja Metodista neste período, a saber o Methodista Catholico e o Expositor Christão. Defendemos aqui que os metodistas buscavam implantar no Brasil um tipo de relações Estado/religiões inspirado no modelo de secularização norte-americano. Este modelo é marcado pela separação entre o Estado e as instituições religiosas, mas ao mesmo tempo pela presença de inúmeras referências religiosas de origem judaico-cristã na esfera pública e política
Abstract: In this research we seek to analyze the view of the Methodist Church in Brazil on the process of secularization of the Brazilian State between the final years of the Empire and the beginning of the Republican Period (1886-1891), a period marked by institutional separation. between the State and the Catholic Church, institutions united since the beginning of Portuguese colonization by the Padroado regime. To do so, it will focus on two distinct moments: first in the debates and the Methodist effort for the end of the Padroado system and for the institutional separation between the Catholic Church and the State in the final years of the Empire (1886- 1889) and then, in the struggle for consolidation of secularization, which extends to the promulgation of the Constitution of 1891. It is intended, therefore, to understand how the missionaries of the aforementioned Church understood the relations between the State and religions, as well as how they acted to ensure the institutional separation between the publicpolitical and religious spheres, a process here called secularization, and which was considered essential by Methodist missionaries for the development of their Church. For this purpose, we take as our main source the periodicals published by the Methodist Church during this period, namely the Methodista Catholico and the Expositor Christão. We defend here that the Methodists sought to implant in Brazil a kind of State/religion relationship inspired by the North American model of secularization. This model is marked by the separation between the State and religious institutions, but at the same time by the presence of numerous religious references of Judeo-Christian origin in the public and political sphere
Palavras-chave: Metodismo
Secularização
Imprensa
Padroado
Igreja Católica
Methodism
Secularization
Press
Patronage
Catholic Church
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Silva, Rodrigo Henrique Ferreira da. “O nome de Deus e o novo governo”: a questão da secularização do Estado na imprensa metodista (1886-1891). 2021. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24828
Data do documento: 3-Dez-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rodrigo Henrique Ferreira da Silva.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.