REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24700
Tipo: Dissertação
Título: Neoconservadorismo e necropolítica: a exclusão da modalidade discriminação religiosa do disque 100 no governo Bolsonaro
Autor(es): Ribeiro, Antonio Carlos
Primeiro Orientador: Nunes, Maria José Fontelas Rosado
Resumo: O presente estudo pretende analisar a ascensão do neoconservadorismo no Brasil e a implementação da necropolítica através da exclusão da modalidade discriminação religiosa do serviço Disque 100 no governo Bolsonaro. Atores coletivos amparados por uma agenda religiosa tradicional e à direita contribuíram, por vias democráticas, com a eleição Bolsonaro em 2018, marcam a inflexão da onda vermelha. Por conseguinte, alterou-se a política da pasta dos direitos humanos, sob a direção de Damares Alves, constituindo uma política neoconservadora que excluiu a modalildade discriminação religiosa do serviço Disque 100. Os relatórios dos anos anteriores apontavam para o predomínio de denúncias regristradas pelo segmento afro-religioso, sinalizando ser mais vulnerável à violação ao direito da liberdade religiosa. Empregando a metodologia quantitativa e qualitativa, através de revisão bibliográfica, conclui-se que a gestão de Bolsonaro em relação às religiões afro-brasileiras pauta pela necropolitica. Ou seja, destituindo um canal de denúncia que colaborava com o desenvolvimento de políticas públicas de combate à discriminação religiosa, o Estado se ausenta perante o contexto que vitimiza predominantemente os segmento afro-religioso
Abstract: This study aims to analyze the rise of neoconservatism in Brazil and the implementation of necropolitics through the exclusion of the religious discrimination modality from the Disque 100 service in the Bolsonaro government. Collective actors supported by a traditional religious agenda and on the right contributed, through democratic ways, with the Bolsonaro election in 2018, marking the inflection of the red wave. Consequently, the policy of the human rights portfolio was changed, under the direction of Damares Alves, constituting a neoconservative policy that excluded the religious discrimination modality of the Dial 100 service. Afroreligious, signaling to be more vulnerable to violation of the right to religious freedom. Using quantitative and qualitative methodology, through a literature review, it is concluded that Bolsonaro's management in relation to Afro-Brazilian religions is guided by necropolitics. In other words, by removing a channel of denunciation that collaborated with the development of public policies to combat religious discrimination, the State is absent from the context that predominantly victimizes the Afro-religious segment
Palavras-chave: Discriminação Religiosa
Neoconservadorismo
Necropolítica
Disque 100
Religious Discrimination
Neoconservatism
Necropolitics
Dial 100
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Ribeiro, Antonio Carlos. Neoconservadorismo e necropolítica: a exclusão da modalidade discriminação religiosa do disque 100 no governo Bolsonaro. 2021. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24700
Data do documento: 15-Out-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Antonio Carlos Ribeiro.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.