REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23636
Tipo: Dissertação
Título: A Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio: uma proposta na contramão da educação humanizadora
Título(s) alternativo(s): The High School National Common Curricular Base: a proposal against the humanizing education
Autor(es): Hallwas, Valderez Morais dos Santos
Primeiro Orientador: Saul, Ana Maria
Resumo: Esta pesquisa objetivou analisar o currículo expresso na Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio – BNCC-EM, tomando como crivo crítico a Pedagogia Freireana - centrada nos conceitos de emancipação e justiça social - para embasar a denúncia-anúncio, com o horizonte à educação humanizadora. Entende-se o currículo sendo complexo, em meio à arena de confrontação, que reverbera na formação dos sujeitos sociais. Optou-se, no primeiro momento, pela análise crítica sobre o processo de reforma, como desdobramento à Base Nacional. Com abordagem qualitativa, o estudo caracterizou-se pela análise bibliográfica de textos da legislação e demais documentos que explicitaram/justificaram as proposições da BNCC-EM, assumindo, com o apoio dos referenciais, a análise crítica dessa proposta e o posicionamento das entidades educacionais representativas, como a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação - ANPEd e a Associação Brasileira de Currículo - ABdC. Buscou-se pôr em evidência os mecanismos de resistência e luta por meio dos manifestos praticados por movimentos representativos dos profissionais da educação. A questão norteadora da presente investigação assim se colocou: Em que quadro político pedagógico se assenta a BNCC do Ensino Médio? No escopo teórico, para a análise do quadro político pedagógico do currículo, foram considerados os referenciais de Freire, seguido de argumentos de Frigotto, Arroyo e Freitas, além de autores que consubstanciam a análise do contexto político no qual foi criada e implementada a BNCC. Compreendeu-se, na pesquisa, a necessidade de superar a compartimentalização presente na política de currículo da BNCC-EM, norteada pelo interesse do capital com vistas à formação do jovem voltada à humanização. Entendeu-se a educação pautada no direito e na justiça social e os estudantes sendo sujeitos históricos e sociais. Considerou-se que o cenário nacional de controle político-econômico da Educação produz uma estrutura hegemônica que desfavorece a educação pública, gratuita e emancipatória
Abstract: This research aimed to analyze the curriculum expressed in the National Common Curricular Base of High School (known in Brazil by the acronym BNCC-EM), taking as a critical sieve the Freirean Pedagogy - centered on the concepts of emancipation and social justice - to support the denunciation-annunciation, with the horizon to a humanizing education. Curriculum is understood to be complex, amidst the arena of confrontation, which reverberates in the education of social subjects. At first, a critical analysis of the reform process was chosen, as an offshoot to the National Base. With a qualitative approach, the study was characterized by the bibliographic analysis of texts of legislations and other documents that explained/justified the proposals of the BNCC-EM, assuming, with the support of guidelines, the critical analysis of this proposal and the positioning of the representative educational entities, such as the National Association of Research and Graduate Studies on Education - ANPEd and the Brazilian Curriculum Association - ABdC. It was sought to highlight the mechanisms of resistance and struggle through the manifestos practiced by representative movements of education professionals. The guiding question of this investigation was posed as follows: What pedagogical political framework is the BNCC of High School based on? In the theoretical scope, for the analysis of the pedagogical political framework of the curriculum, Freire’s references were considered, followed by arguments conducted by Frigotto, Arroyo and Freitas, in addition to authors who substantiate the analysis of the political context in which the BNCC was created and implemented. It was understood, in the research, the need to overcome the compartmentalization present in the curriculum policy of the BNCC-EM, guided by the interest of the capital with a view to the education of the young person focused on humanization. In addition, Education based on rights and social justice and students as historical and social subjects. It was considered that the national scenario of political-economic control of Education produces a hegemonic structure that disfavors a free and emancipatory public education
Palavras-chave: Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio
Justiça social
Freire, Paulo [1921-1997] - Crítica e interpretação
Common Curricular Base – High School
Social justice
Freire, Paulo [1921-1997] - Criticism and interpretation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Hallwas, Valderez Morais dos Santos. A Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio: uma proposta na contramão da educação humanizadora. 2020.129 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Currículo) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23636
Data do documento: 5-Jun-2020
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Valderez Morais dos Santos Hallwas.pdf866,76 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.