REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23477
Tipo: Tese
Título: Qual a contribuição do trabalho do assistente social para a sociabilidade coletiva? movimentos de moradia e o projeto de habitação social Alexios Jafet na cidade de São Paulo
Título(s) alternativo(s): What is the contribution of the work of the social worker to collective sociability? housing movements, Alexios Jafet social housing project in the city of São Paulo
Autor(es): Hein, Cleonice Dias dos Santos
Primeiro Orientador: Paz, Rosangela Dias Oliveira da
Resumo: Apresenta-se, nesta tese, a contribuição do profissional de Serviço Social na experiência de trabalho social com a Associação dos Trabalhadores Sem Teto da Zona Noroeste (ATSTZN) no projeto de Habitação de Interesse Social (HIS) Alexios Jafet, ambos na cidade de São Paulo, realizado por meio da autogestão na produção habitacional. O objetivo é analisar as vivências, experiências; o significado da sociabilidade coletiva e como essa sociabilidade vai se constituindo nas experiencias do trabalho do assistente social com as famílias do Movimento. Para o estudo optamos por utilizar a nomenclatura “Movimento Noroeste” adotada pelos participantes no Movimento. Este é um dos movimentos de moradia mais antigos do País e traz uma diversidade de elementos e riquezas que pode contribuir para o resgate histórico da questão urbana no Brasil. O Movimento atua por meio da autogestão na produção habitacional com mecanismos de participação popular e a organização dos trabalhadores na luta por direitos e mudanças sociais. Nesse contexto, estão os assistentes sociais que, além de compor o histórico das lutas sociais, são pioneiros no trabalho social em HIS. O estudo parte do reconhecimento da trajetória desses participantes no contexto das políticas urbana e habitacional e das conquistas dos movimentos de moradias, com a hipótese de que o trabalho social realizado pelos profissionais que atuam no projeto Alexios Jafet, contribui para a sociabilidade coletiva dos trabalhadores. A metodologia adotada é a História Oral, que possibilita identificar elementos, na história de vida de um indivíduo, que se relacionem com a história da sociedade. A pesquisa embasa-se nos estudos da perspectiva crítica marxista, envolvendo procedimentos científicos: pesquisas bibliográfica, documental e pesquisa qualitativa, com participantes, adultos e crianças, na ATSTZN, futuros moradores no projeto de HIS, Alexios Jafet. Compõe também os procedimentos, a observação de atividades, materiais e registros fotográficos. Os resultados indicam que os participantes e profissionais apresentam identidade política comum, pautada pela reforma urbana, pelo direito à cidade, a luta por moradia com qualidade, e com participação social; apresentam também tensões, conflitos e diferentes pontos de vista, entre esses sujeitos políticos, que fazem diferença na cena pública e, principalmente, que o profissional de Serviço Social tem papel importante para a sociabilidade coletiva, no fortalecimento dos movimentos de moradia e na sensibilização de grupos que atuam o objetivo de transformação social e na promoção do controle social na produção habitacional, por meio da autogestão
Abstract: In this thesis, the contribution of the Social Service professional in the experience of social work with the Associação dos Trabalhadores Sem Teto da Zona Noroeste (ATSTZN) in the project of Housing of Social Interest, Alexios Jafet, both in the city of São Paulo, is presented, carried out through self-management in housing production. The objective is to analyze the experiences; the meaning of collective sociability and how this sociability is constituted in the experiences of the work of the social worker with the families of the Movement. For the study we chose to use the nomenclature "Movimento Noroeste" adopted by the participants in the Movement. This is one of the oldest housing movements in the country and brings a diversity of elements and wealth that can contribute to the historical recovery of the urban issue in Brazil. The Movement works through self-management in housing production with mechanisms for popular participation and the organization of workers in the fight for rights and social changes. In this context, there are social workers who, in addition to composing the history of social struggles, are pioneers in social work in HIS. The study starts from recognizing the trajectory of these participants in the context of urban and housing policies and the achievements of housing movements, with the hypothesis that the social work performed by professionals working in the Alexios Jafet project, contributes to the collective sociability of workers. The methodology is Oral History, which makes it possible to identify elements in the life history of an individual that are related to the history of society. The research is based on studies from a critical Marxist perspective, involving scientific procedures: bibliographic, documentary and qualitative research, with participants, adults and children, at ATSTZN, future residents in the HIS project, Alexios Jafet. It also comprises the procedures, the observation of activities, materials and photographic records. The results indicate that the participants and professionals have a common political identity, guided by urban reform, the right to the city, the struggle for quality housing, and with social participation; they also present tensions, conflicts and different points of view, among these political subjects, who make a difference in the public scene and, mainly, that the social service professional has an important role for collective sociability, in strengthening housing movements and in raising awareness of groups that work towards the goal of social transformation and the promotion of social control in housing production, through self-management
Palavras-chave: Sociabilidade coletiva
Serviço social
Serviço social de grupo
Collective sociability
Social Service
Social group work
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Hein, Cleonice Dias dos Santos. Qual a contribuição do trabalho do assistente social para a sociabilidade coletiva? Movimentos de moradia e o projeto de habitação social Alexios Jafet na cidade de São Paulo. 2020. 320 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020 .
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23477
Data do documento: 15-Dez-2020
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Cleonice Dias dos Santos Hein.pdf6,95 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.