REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23453
Tipo: Tese
Título: Quem conta um conto, aumenta um ponto? dimensões de uma assessoria pedagógica externa no movimento curricular numa escola ribeirinha nascente
Título(s) alternativo(s): Who tells a tale adds a tail? dimensions of a external pedagogical consultancy in a curricular movement at an emerging riverside school
Autor(es): Fonseca, Selma Carvalho
Primeiro Orientador: Masetto, Marcos Tarciso
Resumo: Trabalhar com a inovação num movimento curricular é, ao mesmo tempo, um privilégio e um enorme desafio em meio a tantas demandas sociais, políticas, econômicas e culturais que se afiguram no processo educativo, como é o caso da assessoria pedagógica externa para uma escola no/do campo, no Baixo Amazonas. Portanto, a presente pesquisa objetiva analisar como se configuram as dimensões dessa assessoria, investigando suas possibilidades e limites com base em uma pesquisa-ação de caráter etnográfico, delineada pelas várias incursões realizadas no local. O primeiro capítulo traça o caminho metodológico utilizado, valendo-se da estrutura proposta por Tripp (2005) na análise de dados. Os sujeitos envolvidos na trama curricular são a comunidade de Nova Jerusalém, a equipe pedagógica e os gestores da Organização Não Governamental (ONG). O segundo capítulo apresenta os vislumbres da dimensão antropológica, com base na contextualização da realidade ribeirinha e dos conceitos de cultura e comunidade tradicional propostos por Cohen (1985), Gusfield (1975), Lira; Chaves (2016), Chaves (2001), Lemos (2009), Chiriboga (2006), Pinto (1999) e Diegues (2002). O terceiro capítulo sinaliza a dimensão político-pedagógica fundada na caracterização da escola nascente como uma possível escola do campo, que visa caminhar na contramão da exclusão do campo e que abriga legislação e características singulares preconizadas por Arroyo (1982), Bavaresco e Rauber (2014), Hage e Barros (2010), Torres (2008), Kanavoura (2006). O quarto capítulo propõe o surgimento das dimensões pedagógica e epistemológica, baseadas na investigação contextual do Projeto Político Pedagógico da Escola Raio de Luz/Etam e seu papel no movimento curricular. Para conceituar a inovação curricular, foram utilizados, como referencial teórico, autores como Masetto (2018), Carbonell (2002), Hernandez (2000). O quinto capítulo se propõe a questionar se a proposta de assessoria em questão traz alguma contribuição ao movimento curricular para uma comunidade tradicional numa realidade ribeirinha. Para compreender essa proposta à luz da literatura, tomou-se como referência teórica Lima (2007), Segóvia (2007, 2010), Velho (2012), Machado (2014), Silva (2018) e Oliveira e Santos (2007). Ao analisar a configuração das dimensões da assessoria, pareceu haver um avanço em relação às críticas apontadas pela literatura em relação ao movimento de resistência às relações de exclusão no campo, por levar em consideração os valores culturais e os direitos das comunidades tradicionais ribeirinhas. No entanto, como o trabalho pedagógico é sempre inconcluso, provavelmente ainda há muitas dimensões a serem desbravadas para atender às demandas num contexto ribeirinho. Espera-se, contudo, que o trabalho de assessoria na escola nascente possa acrescentar ao menos um ponto: dar voz aos ribeirinhos
Abstract: Working with innovation in a curricular movement is both a privilege and a huge challenge, given the many social, political, economic and cultural demands one can find in the educational process, as in the case of a external pedagogical consultancy done for a school at/from the lower Amazon area. Therefore, this research aims to analyze how the dimensions of this consultancy are set, looking into the possibilities and boundaries based on an ethnographic action research outlined by the various incursions carried out on site. The first chapter traces the chosen methodological path using the structure proposed by Tripp (2005) for data analysis. The people involved in the curriculum are the Nova Jerusalém community, the school staff and the administrators of the Non-Governmental Organization (NGO). The glimpses of the anthropological dimension are found in chapter 2. They are based on the contextualization of the reality of those who live by the riverside and on the concepts of culture and traditional community proposed by Cohen (1985), Gusfield (1975), Lira; Chaves (2016), Chaves (2001), Lemos (2009), Chiriboga (2006), Pinto (1999) and Diegues (2002). In the third chapter, it is shown that the political-pedagogical dimension can be grounded on the characterization of the emerging school as a countryside school that aims to go against exclusion in the countryside, having singular legislation and characteristics, which are advocated by Arroyo (1982), Bavaresco and Rauber (2014), Hage and Barros (2010), Torres (2008) and Kanavoura (2006). In chapter 4, it is proposed the pedagogical and epistemological dimensions, based on the research of the context of the Raio de Luz school/Etam‟s political-pedagogical project and on its role in the curricular movement. In order to conceptualize the innovation of the curriculum, the works of Masetto (2018), Carbonell (2002) and Hernandez (2000) were used as theoretical framework. In the fifth chapter, the question is raised whether the consultancy proposed contributes in any way to the curricular movement in the reality of a traditional riverside community. To understand this proposal in light of the literature, the theoretical framework used was composed by the works of Lima (2007), Segóvia (2007, 2010), Velho (2012), Machado (2014), Silva (2018) and Oliveira and Santos (2007). After analyzing the configuration of the dimensions of the consultancy, it seems that progress has been made in relation to the criticisms pointed out in the literature, when it comes to the movement of resistance to the relations of exclusion in the countryside, for the cultural values and the rights of the traditional riverside communities were taken into account. However, as the pedagogical work is always inconclusive, there are probably still many dimensions yet to be explored in order to meet the demands of a riverside context. Yet the hope is that the consultancy may add in at least one aspect: giving voice to the riverside population
Palavras-chave: Assessoria pedagógica externa
Comunidade ribeirinha
Baixo Amazonas
External pedagogical consultancy
Riverside community
Lower Amazon
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Fonseca, Selma Carvalho. Quem conta um conto, aumenta um ponto? dimensões de uma assessoria pedagógica externa no movimento curricular numa escola ribeirinha nascente. 2020. 176 f. Tese (Doutorado em Educação: Currículo) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23453
Data do documento: 27-Nov-2020
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Selma Carvalho Fonseca .pdf5,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.