REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23381
Tipo: Dissertação
Título: Correr, rezar e suar: a maratona como religião implícita
Autor(es): Flores, Patrícia Eugênio Valladão
Primeiro Orientador: Maraldi, Everton de Oliveira
Resumo: Este trabalho teve como objetivo relacionar a prática da maratona com o conceito de religião implícita. Esse conceito incentiva uma busca de “religião” onde não se esperaria encontrar, incluindo uma variedade de fenômenos sociais, como engajamento político e práticas esportivas. A pesquisa também se utilizou do conceito de religião como função psíquica na obra de C. G. Jung. O método utilizado consistiu em uma combinação de pesquisa autoetnográfica a partir das experiências da própria autora e entrevistas qualitativas com maratonistas profissionais e amadores no Brasil e no Quênia. Foram encontrados paralelos entre o conceito de religião implícita e a maratona, mas especialmente em relação aos participantes brasileiros, para os quais essa prática esportiva serve como fonte de atribuição de sentido na vida e se associa a narrativas de desafio pessoal. Para os quenianos, todavia, a maratona é atividade profissional que garante sua sobrevivência e a religiosidade aparece como elemento auxiliar explícito ao invés de implícito. Conclui-se o trabalho com uma discussão das limitações e contribuições do conceito de religião implícita para o campo da Ciência da Religião
Abstract: This study aimed to analyze the marathon race in light of the concept of implicit religion. This concept encourages a search for "religion" where one would not expect to find it, including a variety of social phenomena, such as political engagement and sports. We have also employed C.G. Jung's notion of religion as a psychological function. The method used consisted of a combination of auto-ethnographic research based on the author's own experiences and qualitative interviews with professional and amateur marathon runners from Brazil and Kenya. Some parallels were identified between the concept of implicit religion and the marathon, but especially regarding Brazilian participants for whom this sport serves as a source of meaning in life and is connected to narratives of personal challenge. For Kenyans, however, the marathon is a professional activity that guarantees their survival, and religiousness appears as an explicit auxiliary element rather than an implicit phenomenon. The text concludes with a discussion of the limitations and contributions of the concept of implicit religion to the field of Study of Religion
Palavras-chave: Religião
Religião implícita
Espiritualidade
Religion
Implicit religion
Spirituality
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Flores, Patrícia Eugênio Valladão. Correr, rezar e suar: a maratona como religião implícita. 2020. 97 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23381
Data do documento: 23-Out-2020
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Patrícia Eugênio Valladão Flores.pdf948,42 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.