REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/2083
Tipo: Dissertação
Título: Quando o psiquê liberta o demônio: um estudo sobre a reação entre exorcismo e cura psíquica em mulheres na Igreja Universal do Reino de Deus
Autor(es): Pimentel, Fernanda da Silva
Primeiro Orientador: Valle, João Edenio dos Reis
Resumo: O presente trabalho trata do estudo da relação entre o exorcismo praticado pela Igreja Universal do Reino de Deus e a cura psíquica. Apesar de vários autores e pesquisadores já terem se dedicado a estudos sobre a Igreja Universal do Reino de Deus, sobre o tripé cura, exorcismo e prosperidade e sobre papel feminino na IURD, até o momento não foram encontrados estudos relacionando especificamente a Sessão do Descarrego com a cura de problemas psíquicos. Por isso acredito ser de extrema relevância levantar uma discussão acerca desta questão. Foi realizada uma pesquisa de campo com mulheres, de diferentes idades, que freqüentam assiduamente a IURD (mais especificamente o templo da Vila Mariana), que apresentaram queixas relacionadas a questões de ordem psíquica (problemas tais como depressão, transtornos de pânico, entre outros) e que já passaram por um ou mais rituais de exorcismo rituais esses que, ultimamente, apresentam características de sincretismo crescente com a Umbanda, enfatizando o descarrego e a presença dos encostos . O enfoque utilizado para a discussão dos dados obtidos foi o psicológico, trabalhando conceitos da Psicologia Analítica, privilegiando as obras de C.G. Jung e de alguns autores junguianos, como Carlos Amadeu Byington (e a sua teoria, denominada Psicologia Simbólica), Erich Neumman, Paulo Bonfatti, entre outros. A possibilidade de reorganização está na adesão da fiel ao universo simbólico da IURD. As mulheres que conseguiram redirecionar sua vida ou obtiveram a cura encontraram, de certa forma, alívio para os conteúdos opressores através da projeção da sombra na figura do demônio e de seus representantes, os encostos. Ao reorganizar-se internamente, essas mulheres conseguem adotar uma postura mais confiante, que interfere na vida familiar e social. Mediadoras entre a família e a religião, as fieis iurdianas assumem uma responsabilidade que é fator coadjuvante em seu processo de cura.
Palavras-chave: Exorcismo
cura
mulheres
Igreja Universal do Reino de Deus
psicologia analítica
possessão
demônio
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Religião
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Pimentel, Fernanda da Silva. Quando o psiquê liberta o demônio: um estudo sobre a reação entre exorcismo e cura psíquica em mulheres na Igreja Universal do Reino de Deus. 2005. 262 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/2083
Data do documento: 23-Mai-2005
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao.pdf
  Restricted Access
1,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.