REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/15285
Tipo: Dissertação
Título: Paciente-limite: entre Winnicott e Green
Autor(es): Nichile, Felipe Ferreira de
Primeiro Orientador: Naffah Neto, Alfredo
Resumo: A presente pesquisa psicanalítica tem como escopo a análise comparativa entre as obras de D. W. Winnicott e André Green no que diz respeito às propostas teórico-clínicas apresentadas pelos autores para o tratamento do paciente-limite, aquele que costuma apresentar uma dinâmica refratária ao tratamento psicanalítico clássico como foi proposto por Sigmund Freud. Para isto, buscamos traçar um paralelo entre as sessões do tratamento psicanalítico conduzido por cada um dos autores, tendo como referência o instigante caso de uma paciente-limite comum aos dois autores. Partindo, portanto, das intervenções clínicas que cada um deles relatam sobre o caso, buscamos estabelecer quais os principais aspectos teóricos que as fundamentaram, no intuito de apurar quais as inovações que os autores trazem para esta espécie de paciente, para a qual ambos se dedicaram a criar dispositivos clínicos compatíveis com o que eles entendem ser esta psicopatologia. Neste sentido, procuramos estabelecer quais são seus principais pontos de convergência e de divergência. Pudemos concluir com isso que, apesar das proposições dos autores serem bastante próximas em alguns pontos, em sua maior parte tratam-se de teorias bastante heterogêneas e que apresentam propostas clínicas bastante divergentes. Para Winnicott, a ênfase do tratamento encontra-se na regressão à dependência, como uma maneira de retomar o processo normal de amadurecimento pessoal, alterado por uma situação traumática e que necessita ser vivido novamente na análise, desta vez com o apoio de um ambiente favorável a esta retomada. Para Green, o tratamento baseia-se na criação de um ambiente analítico favorável aos processos de verbalização e simbolização, como uma possibilidade de dar sentido às vicissitudes das pulsões por meio da internalização do negativo
Abstract: The basis of this psychoanalytic research is the comparative analysis between the works of D. W. Winnicott and André Green regarding the Theoretical-Clinical proposals presented by the authors to the treatment of the borderline patient, whose behavior is often characterized by a refractory dynamic to the classical treatment proposed by Sigmund Freud. Therefore, we aimed to draw a parallel between the psychoanalytic treatment sessions conducted by each of the authors, having as reference the instigating case of a borderline patient they had in common. Based on the clinical interventions that both authors report about the case, we attempt to establish which were the main theoretical aspects that supported them, as to investigate which innovations the authors bring to this type of patient, to whom they created clinical dispositives compatible with what they understand to be this psychopathology. To that end we intent to establish their main points of convergence and divergence. We concluded then that despite being quite close in some aspects, the authors propositions are, to a large extent, quite heterogeneous theories and present quite divergent clinical proposals. According to Winnicott, the regression to the dependency is the emphasis of the treatment, as a way to resume the normal process of personal maturation, amended by a traumatic situation and that needs to be lived again in analysis, this time with the support of a favorable environment to this return. To Green, the treatment is based on the creation of analytical environment favorable to the processes of verbalization and symbolization, as a possibility to give meaning to the vicissitudes of the drives as a way to the internalization of negative
Palavras-chave: André Green
D. W. Winnicott
Técnica psicanalítica
Limites
Transicionalidade
Mãe morta
Paciente-limite
Regressão à dependência
Metaforização
Clínica do vazio
Trabalho do negativo
Psychoanalytic technique
Limits
Transitionality
Dead mother
Borderline patient
Regression to the dependency
Metaphorization
Clinic of the void
Work of the negative
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Psicologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Nichile, Felipe Ferreira de. Paciente-limite: entre Winnicott e Green. 2013. 161 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15285
Data do documento: 7-Jun-2013
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Felipe Ferreira de Nichile.pdf874,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.