REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/14894
Tipo: Dissertação
Título: João Cabral de Melo Neto e Augusto de Campos: dois poetas engenheiros
Autor(es): Sitta, Emerson Roberto de Oliveira
Primeiro Orientador: Junqueira, Maria Aparecida
Resumo: Esta dissertação trata da relação poética entre João Cabral de Melo Neto (1920-1999) e Augusto de Campos (1931). Tem como objetivo destacar essa relação, investigando o processo de criação de cada um dos poetas. A pesquisa tem como corpus de análise as obras: O Engenheiro de João Cabral, publicado em 1945 e a série Ovonovelo de Augusto de Campos, publicada em 1960. Para guiar nossa reflexão, selecionamos a seguinte questão-problema: até que ponto o exercício de construção poética do poeta concreto Augusto de Campos tem raízes na engenhosa poesia de João Cabral? Evidenciamos, entre as características da palavra cabralina, a substantividade, assim como a importância do seu aparecimento no contexto histórico-literário brasileiro. Comparamos a organização dos versos de João Cabral e a de Augusto de Campos, buscando entender e demonstrar a verbivocovisualidade da poesia concreta de Augusto de Campos. Refletimos, por meio das análises de poemas de João Cabral e de Augusto de Campos, a construção da sintaxe poética em ambos os poetas. Para desenvolver essa proposta, fundamentamo-nos em proposições teórico-críticas de estudiosos como, por exemplo: Roman Jakobson, Ezra Pound, Octavio Paz, Luiz Costa Lima, João Alexandre Barbosa, Gonzalo Aguilar. Recorremos, ainda, aos estudos dos próprios poetas concretos: Haroldo de Campos, Décio Pignatari e Augusto de Campos. Ao fim da pesquisa, concluímos que uma das marcas essenciais da poética cabralina foi seguida pelo poeta concreto Augusto de Campos. Trata-se da economia da linguagem que tanto em João Cabral quanto em Augusto de Campos estruturase na conjugação de elementos poéticos conscientemente condensados
Abstract: This dissertation focuses on the poetical relation between João Cabral de Melo Neto (1920-1999) and Augusto de Campos(1931). This study aims at showing this relation, investigates the process of creation of each one of the poets. The research has as corpus of analysis the works: O Engenheiro from João Cabral, published in 1945 and the serie Ovonovelo from Augusto de Campos, published in 1960. To guide our reflection, we selected the following question-problem: Until extention has the exercise of poetical construction from the concrete poet Augusto Campos had roots in the ingenious poetry of João Cabral? We showed, among the characteristics of the word cabralina , the substantive, as well as its importance of appearing in the brazilian historic-literary context. We compared the organization of verses from João Cabral and Augusto de Campos, trying to understand and demonstrate the verbal, vocal and visual side ( verbivocovisualidade ) from concrete poetry of Augusto de Campos. We reflected through the analysis of the poems from João Cabral and Augusto de Campos, the construction of poetical syntax in both poets. To develop this proposal, We grounded on the propositions theoretical-critic of studious as: Roman Jakobson, Ezra Pound, Octavio Paz, João Alexandre Barbosa, Gonzalo Aguilar. We, also, used the studies of the genuine concrete poets: Haroldo de Campos, Décio Pignatari and Augusto de Campos. At the end of this research, we concluded that one of the essencial point of Cabralina was followed by the concrete poet Augusto de Campos. It refers to the reducing of language both in João Cabral and Augusto de Campos structures in the combination of poetical elements consciously condensed
Palavras-chave: Literatura brasileira
Poesia concreta
Brazilian literature
Concrete poetry
Melo Neto, Joao Cabral de -- 1920-1999 -- Critica e interpretacao
Campos, Augusto de -- 1931- -- Critica e interpretacao
Poesia brasileira -- Historia e critica
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Literatura
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Sitta, Emerson Roberto de Oliveira. João Cabral de Melo Neto e Augusto de Campos: dois poetas engenheiros. 2009. 107 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14894
Data do documento: 29-Abr-2009
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Emerson Roberto de Oliveira Sitta.pdf1,85 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.