REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/14892
Tipo: Dissertação
Título: A face do feminino na poética de Guilherme de Almeida
Autor(es): Redondo, Altamiro José
Primeiro Orientador: Matos, Edilene Dias
Resumo: O objeto dessa dissertação é a poesia de temática amorosa de Guilherme de Almeida, que apresenta elementos universais de fundo arquetípico-mitológico. Tem, ainda, intenção de contribuir para a fortuna crítica do poeta, contemplada de modo insuficiente até o momento. Em seus poemas, a mulher não é representada fisicamente, mas transformada em imagem sempre fugidia, na qual se confunde com o próprio conceito de amor ou princípio feminino. Prefere-se enaltecer o amor do passado ou do futuro, e a mulher do presente é cantada em sua abstração. Ao encontro dessas imagens, o mito do andrógino se apresenta como resposta acolhedora. Esse mito, ao contrário da idéia fantasiosa e distante que se tem a respeito, é atualíssimo, e implica uma realidade psicológica por trás de toda busca amorosa, além de significar uma metáfora da condição de plenitude cósmica, onde os opostos se confundem. Outros mitos de fundo andrógino também são contemplados. A relação do corpus poético com o mito do andrógino se faz pela comparação e semelhança de suas imagens, além de análises e deduções. Para tal relação, contribui, sobretudo, Mircea Eliade, entre outros, com suas idéias sobre reprodução de imagens, conforme o livro Imagens e símbolos (1991). A busca da plenitude amorosa, a que alude o mito, ocorre, portanto, no corpo textual poético, onde a mulher é sublimada e representa o próprio eu perdido para sempre. Como desdobramento, essa experiência da busca de plenitude também tem caráter iniciático e espiritual. Procura-se identificar o conceito de amor em sua poética, a partir da comparação com outros conceitos semelhantes, como o amor-paixão, o amor sublime e o amor erótico. Faz-se, ainda, um estudo introdutório da obra em geral de Guilherme de Almeida, com ênfase em suas características literárias e suas qualidades conforme a crítica, ressaltando-se a questão do engajamento com o aspecto sublime e universal, além de se destacar, especialmente, os tons simbolistas de sua poesia, que, voltados para imagens etéreas, fugidias e espirituais, guardam estreita relação com seus poemas de temática amorosa e com o tema da dissertação
Abstract: The object of this thesis is the Guilherme de Almeida`s love poetry, which shows universal elements whose basis is archetypical and mythological. It still has the intention of contributing to the poet`s critical fortune, which has been contemplated insufficiently until now. In his poems, the woman is not represented physically, but is changed into a constant fleeting image, which is confounded with the own concept of love or feminine principle. It is chosen to exalt the love from the past or from the future, and the woman from the present is sung in her abstraction. By meeting these images, the androgyny myth shows a welcoming answer. This myth, unlike the imaginary distant idea that it has about, is very modern and involves a psychological reality behind the whole love search, apart from meaning a cosmic fullness condition metaphor in which the opposites are confounded. Other myths based on the androgyny figure are also contemplated. The relationship between the poetic corpus and the androgyny myth is made by the comparison and the similarity of their images, apart from analyses and deductions. For that relationship, especially Mircea Eliade contributes, among others, to his ideas about the reproduction of images, according to Images and Symbols (1991). The search for the love fullness, to which the myth refers to, occurs, therefore, in the poetic textual body, in which the woman is sublimated and represents the own lost self for good. As a consequence, the search for this fullness experience also has an initiatory and spiritual nature. It seeks to identify the concept of love in its poetry through the comparison with other similar concepts, such as the passion love, the sublime love, and the erotic love. It still develops an introductory study of Guilherme de Almeida`s work in general focusing on its literary characteristics and its qualities according to the criticism, highlighting the question of the engagement with the sublime universal aspect, as well as pointing out especially the symbolist tones of his poetry that, returned to ethereal fleeting spiritual images, keep an intimate relationship to his love poems and to the subject of his thesis
Palavras-chave: Literatura brasileira
Poesia moderna
Mulher
Mitos
Arquétipos
Brazilian literature
Modern poetry
Love
Woman
Myths
Archetypes
Almeida, Guilherme de -- 1890-1969 -- Critica e interpretacao
Poesia brasileira -- Historia e critica
Amor na literatura
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Literatura
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Redondo, Altamiro José. A face do feminino na poética de Guilherme de Almeida. 2009. 122 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14892
Data do documento: 29-Abr-2009
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Altamiro Jose Redondo.pdf536,71 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.